Loading...

23 dezembro 2015

NATAL, UMA HISTÓRIA DE AMOR.



Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3.16.

Sim, natal é uma história de amor. Não como dos romances que nós vemos retratados nos folhetins ou nos filmes, mas a história de um amor sacrificial além de qualquer compreensão ou imaginação.
Lá no Éden, o homem resolveu seguir seu próprio caminho, desviando-se da vontade de Deus e caindo nos laços enganosos do inimigo. Mas Deus já tinha seu plano preparado (Ap 13.8) e prosseguiu com esse plano. Mesmo sendo custoso para o Pai, Ele abriu mão de seu bem mais precioso, seu próprio Filho para trazer o homem de volta para si. Natal não é a história de um homem que vai a Deus e, sim, de um Deus que vem ao homem. Torna-se um como ele, vive com ele... E morre por ele.
Nunca haverá prova de amor como essa. Nunca haverá presente como esse. Nunca haverá um dia como aquele em que o Pai abraçou o filho e disse: “Vá lá e traga-os para nós. Mesmo que isso signifique ficar sem você por um tempo aqui, e, embora você vá sofrer, lembre-se que vai voltar para cá”.
Natal é aceitar esse presente do amor de Deus e viver para Ele.