Loading...

25 setembro 2008

Ignorando Um Pai Amoroso

Ignorando Um Pai Amoroso

"Levantar-me-ei, irei ter com meu pai e dir-lhe-ei: Pai,
pequei contra o céu e diante de ti" (Lucas 15:18).

Em uma das campanhas ocidentais de Moody, ele foi seguido de
cidade em cidade por um homem velho e enfraquecido, de
aparência respeitável, que em todos os lugares pedia o
privilégio de dizer algumas poucas palavras a todos que
compareciam às reuniões. Ele se levantava e dizia
simplesmente: "Meu filho George está neste lugar? George,
você está aqui? Ó George, você está aqui? George, se você
estiver aqui, volte para junto de seu pai. Seu velho pai ama
você, George, e não pode morrer tranquilo sem ver você
novamente". A seguir o velho homem voltava para seu lugar.
Uma noite um jovem veio até o Hotel de Moody e pediu para
vê-lo. Era George. Quando o grande evangelista perguntou-lhe
como podia tratar seu amoroso pai com tanta negligência e
crueldade, o jovem respondeu: "Eu nunca pensava nele, mas,
senhor Moody, eu tentava fazer tudo de bom que eu podia".

Este é um bom retrato de um íntegro pródigo em um país
longínquo. Ele era generoso com seu dinheiro e suas
palavras, mas em todo o momento de sua vida infame ele
estava pisoteando o coração de seu pai amoroso.

Que lição podemos tirar da história de George e seu pai? Em
que nossa vida se assemelha a deles? Temos compreendido que
temos um Pai celestial que nos ama e nos quer bem e tem
prazer que estejamos junto a Ele? Temos compreendido que
mesmo que aos nossos olhos pareça que estamos fazendo melhor
e procurando agir corretamente, o nosso Deus se entristece
com a indiferença com que O tratamos?

Ele nos dá o melhor dessa terra, cuida de nós, protege-nos,
indica os melhores caminhos para a nossa felicidade, mas nós
o ignoramos. Queremos viver uma falsa liberdade que, na
realidade, nos aprisiona às incertezas e às ciladas desse
mundo enganador.

Deus está lhe dizendo a todo momento: "Venha para perto de
mim. Eu amo você. Quero abençoar sua vida. Venha... Eu estou
com os braços abertos à sua espera.

Paulo Roberto Barbosa.
Um cego na Internet!

22 setembro 2008

7° ANIVERSÁRIO DO VOCAL EL SHADAY

Porque pela graça sois salvos (Ef 2.8a) 

Depois de uma jornada de muito trabalho e muitos ensaios, finalmente chegamos ao nosso maior objetivo no ano: a festa! É realmente uma realização quando acaba tudo e a gente tem aquela sensação de dever cumprido. Desde Maio que estávamos nos preparando pra isso e, graças a Deus, deu tudo certo.

 Um aniversário é a coroação de todo um ano de traba lho, de lutas, de problemas, mas também de muitas vitórias e alegrias. Nós louvamos ao Senhor porque fomos alcançados por sua graça e por Ele nos ter tirado do mundo e nos feito novas criaturas, dignas de louvar e engrandecer o seu nome.

 


Os hinos deste ano foram tirados da Obra: A Mensagem da Cruz. Você pode ouvi-la no www.oao.com.br. É realmente uma obra belíssima, com músicas que falam sobre o sacrifício de Jesus para nos salvar. 

Na sexta, dia 19, esteve conosco o Vocal Cristo é a Resposta, de Vila do Tenente (eu que fundei, há 14 anos atrás, pode isso?). Foi um culto extremamente abençoado e Deus realmente derramou da sua graça. No sábado estiveram os grupos de Zumbi (Júbilo Celeste) e Pitangueira (Oásis). No domingo esteve o Coral Maranata, de Torrões de Fora.



 Também foi outro dia abençoado e Jesus ainda salvou uma alma no final.




Sabe, poder louvar a Jesus e poder levar outras pessoas a fazer o mesmo é realmente uma realização. Sou grato a Deus por Ele me permitir isso e espero que seja assim por muito tempo ainda. 

Obrigado, Senhor!

18 setembro 2008

FELIZ ANIVERSÁRIO, TK!

Estamos em Festaaaa! Pois é... Há 20 anos atrás (na Idade da Pedra, quase) nascia uma pessoa muito especial pra o A BÍBLIA E UM JOVEM DO SÉCULO 21: O Grande Tharsis Kedsonni.
 
É fato que só nos conhecemos a cerca de 4 meses, mas foi lendo o ASSEM-BERÉIA DE DEUS que eu tive vontade de voltar a blogar. O blog tava bem parado, só com textos de outras pessoas, mas ler o TK me deu um novo ânimo. Fico feliz por ser um companheiro seu nessa área blogueira. Obrigado pela inspiração, rapaz!
 
MEUS PARABÉNS, TK!
 
        FELIZ ANIVERSÁRIO!!!
                        
                        MUITAS FELICIDADES!!!
 
                                    MUITOS ANOS DE VIDA!!!
 
"Que o Senhor te abençoe e te guarde, que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. Que o Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz!"
 
 
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.jograis.oi.com.br

14 setembro 2008

Vida em Cristo : A Porta que Jesus Abriu

------------------------------------------------------------------
  V I D A   E M   C R I S T O
     - http://www.iluminalma.com -
------------------------------------------------------------------



                                          Sábado,  6 de Setembro, 2008



A PORTA QUE JESUS ABRIU
  de Dennis Downing


O dia 11 de setembro é uma data que será sempre lembrada pelo povo
dos Estados Unidos como o dia dos atentados contra as Torres Gêmeas
em Nova York. Foi um atentado não somente contra civis inocentes, mas
contra a própria liberdade.

11 de Setembro é também um dia de triste lembrança em outro país. Em
11 de Setembro de 1973, Augusto Pinochet liderou um golpe militar no
Chile que impôs 17 anos de ditadura àquele país vizinho nosso.

De acordo com relatos oficiais, mais de 3 mil pessoas morreram ou
desapareceram durante a ditadura de Pinochet. Um dos primeiros a
perder sua vida foi o próprio Presidente deposto, Salvador Allende.

Allende, político socialista, fora eleito em votação democrática no
Chile três anos antes. Ele preferiu morrer em meio aos ataques do
golpe militar, a se entregar. Ele se alojou no palácio conhecido como
"La Moneda" e lá morreu num ataque impiedoso àquele local que
simbolizava o governo democrático do Chile.

Segundo relatos, Allende tinha o hábito de entrar e sair do palácio
por uma porta lateral na Rua Morand, número 80. Não era a rampa
oficial, nem um portão enfeitado e dourado. Era uma porta simples,
que dava para uma rua comum.

Era a porta por onde Allende entrava e saía, não como presidente,
mas, como cidadão qualquer, sem cerimônia - um chileno comum. Essa
era a porta que Allende preferia.

Num ato cheio de significado, depois que o cadáver de Allende foi
retirado pela porta da Rua Morand, o ditador Pinochet mandou lacrar
aquela porta. Era uma tentativa de sufocar qualquer memória do regime
democrático e da liberdade Chilena.

Com seus soldados, canhões e serviço secreto, o ditador Pinochet
manteve aquela porta fechada. Ele também manteve o povo do Chile
preso e oprimido com sua mão de ferro. Cidadãos comuns foram presos e
torturados. Outros desapareceram para nunca serem vistos pelos seus
queridos. Todos que sofreram assim eram culpados da única falha de
desejar e buscar a liberdade.

Por quase trinta anos a porta da Rua Morand, número 80, permaneceu
lacrada. Ninguém abriu. Ninguém passou por ela. Mesmo depois que a
ditadura de Pinochet acabou, as sombras de seu poder e o medo da sua
influência continuaram a manter a porta da Rua Morand lacrada.

Mas, numa Quinta feira, 11 de setembro de 2003, a porta da Rua
Morand, 80, foi reaberta. Apesar de demorar 30 anos, a porta que
simbolizava a liberdade de um país finalmente foi reaberta. E por ela
passou o presidente do Chile, Ricardo Lagos, num ato carregado de
sentido que dizia para o povo do Chile - "estamos livres novamente."

Livres da ditadura, livres da opressão, livres para escolher quem vai
nos governar, livres para ir e vir.

A liberdade é uma das qualidades mais preciosas para o ser humano.

Revoluções e revoltas. As mais sangrentas batalhas e guerras da
humanidade foram travadas para conquistar ou garantir a liberdade.

Uma das poucas coisas pelas quais o ser humano é capaz de lutar e dar
a sua vida é conquistar ou defender sua liberdade.

Cerca de 1940 anos antes da reabertura da porta na Rua Morand em
Santiago, Chile, outra porta foi reaberta.

Foi também um ato cheio de significado.
Foi também um evento marcado pelo derramamento de sangue.

Naquele local havia também uma porta fechada e lacrada. Naquela
ocasião houve a preocupação de enterrar para sempre as esperanças de
um povo.

Naquele dia também, parecia que a liberdade havia acabado. Parecia
que o inimigo ganhara a batalha final.

Mas, não era assim.

E a resposta não demorou trinta anos Apenas três dias.

Esses três dias pareciam talvez como anos para o pequeno bando de
seguidores.

Para aqueles que viram seu líder brutalmente assassinado e enterrado,
parecia que não havia mais chance, nem de sonhar.

Mas, naquele primeiro dia da semana, as duas mulheres que foram ao
túmulo cuidar do corpo de seu querido líder viram o lacre do túmulo
quebrado, a porta aberta e encontraram um anjo poderoso, brilhando
como um raio de sol, protegendo a porta aberta.

Mateus 28:1-8 (NVI) Depois do sábado, tendo começado o primeiro dia
da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. E eis
que sobreveio um grande terremoto, pois um anjo do Senhor desceu dos
céus e, chegando ao sepulcro, rolou a pedra da entrada e assentou-se
sobre ela. Sua aparência era como um relâmpago, e suas vestes eram
brancas como a neve. Os guardas tremeram de medo e ficaram como
mortos. O anjo disse às mulheres: "Não tenham medo! Sei que vocês
estão procurando Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui;
ressuscitou, como tinha dito. Venham ver o lugar onde ele jazia. Vão
depressa e digam aos discípulos dele: Ele ressuscitou dentre os
mortos e está indo adiante de vocês para a Galiléia. Lá vocês o
verão."

Se a reabertura da porta da Rua Morand simbolizou liberdade para o
povo Chileno, muito mais a reabertura do túmulo de Jesus significa
liberdade para o povo de Deus.

Liberdade do medo da morte.
Liberdade da condenação eterna.
Libertação das correntes do pecado.
Livramento da opressão do inimigo que quer nos destruir.

A liberdade é talvez o presente mais precioso que Cristo nos deu.
E é também um dos mais perigosos.

A liberdade traz responsabilidade e conseqüências.

A liberdade pode ser uma ponte para uma vida melhor.
Ou pode ser uma ladeira escorregadia para a destruição.

Se Augusto Pinochet, ou outro igualmente autoritário e dominador,
quisesse se candidatar a presidente do Chile hoje, ele poderia.

E, se o povo Chileno esquecer as lições do passado e resolver
escolher outro líder como Pinochet, eles têm essa liberdade. E eles
sofrerão as conseqüências das suas escolhas.

Você já percebeu como a liberdade é ligada ao conhecimento?

Sem conhecimento você não está livre para usar um computador.
Sem conhecimento você não conhecerá a liberdade de dirigir um carro.
Sem conhecimento o trabalhador vive escravizado,
o analfabeto permanece na ignorância,
e o ditador continua mandando no povo, que não sabe que ele pode ser
derrotado.

Mas, com conhecimento vem liberdade.
Ninguém sabia disso melhor do que Jesus.

João 8:31-32 Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se
vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus
discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

"Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará."

Com conhecimento vem liberdade.

Com conhecimento que vem para nós por meio da Bíblia, nós estamos
livres para escolher ser livres para a eternidade.

Com o conhecimento que obtivemos por meio de pregações e aulas na
igreja, podemos alcançar a verdadeira liberdade.

Liberdade do pecado.
Liberdade da condenação eterna.
Liberdade para escolher viver no céu pela eternidade.

E liberdade para decidir o que fazer com este conhecimento.

Você está livre para ignorar as aulas e pregações, para desprezar
material didático que a igreja e os irmãos fornecem e nunca mais
olhar.

Você pode escolher o esquecimento.
Você pode se dedicar ao conhecimento doutras áreas da vida -
contabilidade, computação, cursos de inglês, etc. ...

Ou, você pode escolher fazer algo com esta liberdade que recebeu.
Você pode decidir não deixar esse tesouro cair no esquecimento.

Você pode decidir compartilhar aquilo que recebeu com outros.
Você pode escolher encorajar outras pessoas a mudarem de vida como a
sua foi mudada.

Você pode decidir seguir adiante com seus estudos na Bíblia.
Você pode aumentar e aprofundar seu conhecimento da Palavra de Deus.
Você pode chamar outras pessoas a conhecerem também o verdadeiro
caminho da liberdade.

As decisões, as opções são suas.
Mas, eu quero lhe encorajar - faça bom uso da liberdade que você
recebeu. Aproveite bem o conhecimento que Deus lhe deu.

Aproveite bem, porque há tantas outras pessoas lá fora cambaleando
nas trevas da ignorância, presas pelas correntes do engano,
acorrentados pela escravidão do pecado.

Você foi agraciado com o conhecimento que traz liberdade.
Aproveite bem este conhecimento e esta liberdade.

Jesus valorizou tanto o conhecimento porque ele sabia do poder
libertador que traz.

Ele sabia que, uma vez que um povo soubesse como se libertar das
correntes do pecado, da condenação eterna, do medo da morte, esse
povo estaria livre para sempre.

Foi por isso que Jesus enfatizou tanto o ensino. Porém, para você
continuar livre, você tem que agir.

João 8:31-32
Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus
discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.

Qual a condição fundamental para continuar na liberdade em Cristo?
Você tem que permanecer na Palavra de Jesus.
Você tem que praticar, viver aquilo que você aprendeu.

Faça isso.
Compartilhe o que você aprendeu com outros.
Viva os ensinamentos de Jesus no seu dia a dia.
Chame outras pessoas a seguirem a Jesus também.

Fazendo isso você será um verdadeiro discípulo de Jesus, permanecerá
livre da escravidão do pecado e ajudará outros a se tornarem livres
para a eternidade.

Tudo isso é nosso pela porta que Jesus abriu.
Vamos passar por ela e nunca olhar para trás.

--------------------------------------------------------------------

Para mais mensagens de Dennis Downing ou mais sobre a liberdade,
visita www.hermeneutica.com/mensagens

- Por favor, ao visitar o site, faça-nos o favor de visitar também os
anunciantes. As visitas são gratuitas e sem compromisso, e ajudam no
sustento do nosso site.


 ---
  http://www.iluminalma.com.br/vec/0809/06-porta.html
  Copyright © Dennis Downing . Todos os direitos reservados.

08 setembro 2008

O QUE PODE FAZER O JUSTO? (II)

Agatha Christie sempre dizia nos seus livros protagonizados por Miss Marple que "a natureza humana é a mesma em todo lugar, o que muda são as pessoas e as circunstâncias". Eu sempre gostei dessa frase. E ela não deixa de ser uma verdade. Embora os tempos bíblicos tenham ficado bem para trás, a natureza humana continua a mesma. A pergunta é: "o que pode fazer o justo quando os fundamentos são destruídos?" e a resposta é: "o mesmo que fizeram os homens e mulheres de Deus em suas épocas".

 

Vejamos o exemplo de Noé. A Bíblia nos mostra que, em seu tempo, grande era a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente e ainda que o Senhor arrependeu-se de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração. Porém, mesmo em meio a toda essa corrupção, toda essa violência, a Bíblia diz que Noé era justo e perfeito. Como ele não cedeu às pressões da sua sociedade? A Bíblia também responde: Noé andava com Deus! Essa é o primeiro aspecto da nossa resposta: Andar com Deus. E isso é bastante interessante, pois Amós nos pergunta "como andarão dois juntos se não estiverem de acordo?". Se Noé andava com Deus é porque eles concordavam em tudo. E, se Deus estava entristecido com a humanidade, entende-se que Noé não andava como o povo daquela época. Ele pensava como Deus pensava e não como seus contemporâneo s.

 

E hoje o mundo está igual ou pior do que nos dias de Noé. E será que Deus está satisfeito com ele? Claro que não está. O apóstolo Tiago nos diz que "a amizade do mundo é inimizade contra Deus". E, se o mundo é inimigo de Deus, nós que somos seus filhos, não podemos andar de acordo com o mundo, com o espírito que nele opera. Se esperamos estar abrigados dentro da arca (que é Cristo), temos que andar com Deus. Temos que viver de acordo com seus preceitos estabelecidos na Palavra para que achemos "graça aos seus olhos".

 

Por isso, por mais que o mundo se afunde, por mais que corra para a perdição, por mais que nos chame de loucos ou sabe lá Deus o quê, nós, que somos justos, devemos andar com Deus, para que a nossa vida testifique contra as suas más obras e eles possam enxergar em nós a verdade de Deus.

 

 

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.jograis.oi.com.br

06 setembro 2008

ALGUMA SEMELHANÇA COM OS DIAS DE HOJE?

Isaías 59.
 
1 ¶ Vocês estão pensando que o SENHOR perdeu a força e não pode nos salvar? Ou pensam que ele está surdo e não pode nos ouvir?
2  Pois são os pecados de vocês que os separam do seu Deus, são as suas maldades que fazem com que ele se esconda de vocês e não atenda as suas orações.
3  Vocês têm as mãos manchadas de sangue e os dedos sujos de crimes; vocês só sabem contar mentiras, e os seus lábios estão sempre dizendo coisas que não prestam.
4  Não é para procurar a justiça que vão ao tribunal, e ninguém diz a verdade ao juiz. Todos confiam em mentiras e falsidades; inventam maldades e praticam crimes.
5  Os seus planos perversos são como os ovos de uma cobra venenosa: quem come os ovos morre, e, se um se quebra, dele sai outra cobra venenosa. Os seus planos não prestam para nada; parecem teias de aranha;
6  elas não servem para fazer roupa, e ninguém pode se vestir com elas. Tudo o que vocês fazem é mau, todas as suas ações são criminosas.
7  Vocês correm para fazer o que é errado e se apressam para matar pessoas inocentes; vocês pensam somente em maltratar os outros e, por onde passam, deixam a destruição e a desgraça.
8  Não conhecem o caminho da paz, e todas as suas ações são injustas. Vocês preferem seguir caminhos errados e por isso não têm segurança.
9 ¶ Deus ainda não nos salvou, pois temos pecado, e por isso ele demora em nos socorrer. Procuramos a luz, mas só encontramos a escuridão; buscamos lugares claros, mas continuamos nas trevas.
10  Andamos apalpando as paredes como se fôssemos cegos, como se não tivéssemos olhos; ao meio-dia tropeçamos como se fosse de noite e, em plena flor da idade, parecemos mortos.
11  Rugimos como ursos assustados, gememos como pombas; esperamos a salvação, porém ela demora; desejamos socorro, mas ele está longe de nós.
12  Temos pecado muito contra ti, ó Deus, e os nossos pecados nos acusam. Não podemos esquecer as nossas maldades; reconhecemos que somos culpados.
13  Não temos sido fiéis, temos nos revoltado contra ti e nos afastado de ti, o nosso Deus. Temos falado de crimes e de revoltas e temos feito planos para enganar os outros.
14  A justiça é posta de lado, e o direito é afastado. A verdade anda tropeçando no tribunal, e a honestidade não consegue chegar até lá.
15  A verdade desapareceu, e os que procuram ser honestos são perseguidos.
16 ¶ Ele ficou espantado quando viu que não havia ninguém que socorresse o seu povo. Então com a sua própria força ele venceu e, por ser o Deus justo, conseguiu a vitória.
17  O SENHOR vestiu a couraça da justiça e pôs na cabeça o capacete da salvação; a vingança lhe serviu de roupa, a sua ira foi a capa que usou.
18  Ele dará a cada um o castigo que merece. Na sua ira, castigará os seus inimigos, e povos de países distantes receberão o que merecem.
19  Todos, desde o Leste até o Oeste, temerão o SENHOR e o seu poder. Pois ele virá como uma forte correnteza que é levada por um vento furioso.
20  O SENHOR Deus diz: "Eu virei a Sião como Redentor para salvar as pessoas do meu povo que se arrependerem."
21  O SENHOR diz ao seu povo: —Esta é a aliança que vou fazer com vocês: o meu Espírito, que eu lhes dei, e os meus ensinamentos, que eu lhes entreguei, ficarão com vocês para sempre. Vocês os ensinarão aos seus filhos e aos seus descendentes, agora e para sempre. Eu, o SENHOR, falei.
 

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.jograis.oi.com.br