Loading...

30 dezembro 2011

Feliz 2012!!!

 

image0041

Em 2012 seja feliz nos seus sonhos
E tenha a felicidade de buscá-los...
Seja feliz nos seus projetos
E tenha a felicidade de realizá-los...
Seja feliz nos seus desejos
E tenha a felicidade de concretizá-los...
Seja feliz nos seus sucessos
E tenha a felicidade de obtê-los...
Seja feliz sempre, em todos os momentos...
“Feliz 2012”

image0052

--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

28 dezembro 2011

Devocional Para Hoje : Romanos 16:25-27

------------------------------------------------------------------
D E V O C I O N A L P A R A H O J E
- http://www.iluminalma.com -
------------------------------------------------------------------

Quarta-feira, 28 de Dezembro, 2011

VERSÍCULO:
Ora, àquele que tem poder para confirmá-los pelo meu evangelho e pela proclamação de Jesus Cristo, de acordo com a revelação do mistério oculto nos tempos passados, mas agora revelado e dado a conhecer pelas Escrituras proféticas por ordem do Deus eterno, para que todas as nações venham a crer nele e a obedecer-lhe; sim, ao único Deus sábio seja dada glória para todo o sempre, por meio de Jesus Cristo. Amém.
-- Romanos 16:25-27

PENSAMENTO:

Deus não simplesmente nos abençoa. Ele nos estabelece! Ele nos fortalece! Ele nos amadurece em discípulos sólidos e verdadeiros. Ele faz isso de muitas maneiras. Uma das maneiras mais importantes, no entanto, e através dos primeiros discípulos de Jesus. Ao termino deste ano e um novo ano a porta, vamos renovar nosso compromisso de passar tempo cada dia na Bíblia. Não vamos deixar esta ferramenta poderosa e grande recurso para a vida ser relegado a estante ou um símbolo para nos trazer sorte.

ORAÇÃO:
TE agradeço, O Deus, pelo seu Espírito que exalou sua mensagem através de agentes humanos. Obrigado por estes parceiros humanos que compartilharam a mensagem do Espírito conosco nas Escrituras. Te agradeço pelas ótimas traduções da Bíblia disponíveis a nos hoje. Te agradeço pela liberdade de ter uma copia da Bíblia no meu lar. Por favor, ajude-me a não desperdiçar esta incrível benção da sua palavra escrita. Em nome de Jesus eu oro. Amem.

http://www.iluminalma.com/dph/4/1228.html



DEVOCIONAL PARA HOJE de iluminalma
===============================================================
http://www.iluminalma.com/dph

Devocional Para Hoje é Copyright © 2006-2011 de Phil Ware.
Todos os direitos reservados.
--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

19 dezembro 2011

Natal...

Naqueles dias levantou-se Maria, foi apressadamente à região montanhosa, a uma cidade de Judá, entrou em casa de Zacarias e saudou a Isabel. Ao ouvir Isabel a saudação de Maria, saltou a criancinha no seu ventre, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo, e exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito é o fruto do teu ventre! E donde me provém isto, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor? Pois logo que me soou aos ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria dentro de mim. Bem-aventurada aquela que creu que se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas. Lc 1:39-45

Então é Natal... (Podre começar assim, né? Rsrsrsrs) Mas é verdade, esta semana já é Natal...

O Natal está ficando uma coisa banalizada, está perdendo seu real sentido. Em breve tempo, deixará de ser a comemoração do nascimento de Cristo para ser apenas um feriado próximo do fim do ano, assim como o São João é apenas a temporada do forró e do milho e a Páscoa é a temporada do chocolate.

Mas Natal é muito mais que isso. Natal é Jesus presente na vida das pessoas.

Para Isabel, Natal foi ser cheia do Espírito Santo a partir do primeiro contato com Jesus. Vejam só que privilégio: ser cheia do Espírito Santo ao ouvir a voz da mãe de Jesus. Tanto que João saltou de alegria no seu ventre!

Que o seu Natal seja de muita alegria no Espírito Santo.

--
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
www.jograis.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.paulo2907.multiply.com


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

12 dezembro 2011

Buscar a Jesus

download"Tendo, pois, nascido Jesus em Belém da Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que vieram do oriente a Jerusalém uns magos que perguntavam: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? pois do oriente vimos a sua estrela e viemos adorá-lo." Mt 2.1,2

Os magos viajaram milhares de quilômetros para ver o Rei dos judeus. Quando finalmente o encontraram, manifestaram alegria, adoração, e deram-lhe presentes. Esta atitude é muito diferente daquela que as pessoas frequentemente têm hoje. Esperamos que Deus venha procurar-nos, explique sobre si mesmo, prove quem é e nos dê presentes. Mas aqueles que são sábios ainda buscam e adoram Jesus não pelo que podem conseguir, mas por quem Ele é.

Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal

24 novembro 2011

SETE RAZÕES PARA NÃO NOS PREOCUPARMOS:

“Por isso, vos digo: não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo, mais do que a vestimenta?” Mt 6.25

Mt 6.25 – Os detalhes da sua vida podem ser confiados ao mesmo Deus que criou vida em você.
Mt 6.26 – Preocupar-se com o futuro prejudica os esforços que você está dedicando ao presente.
Mt 6.27 – Preocupar-se é mais prejudicial do que útil.
Mt 6.28-30 – Deus não ignora aqueles que dependem dEle.
Mt 6.31,32 – A preocupação demonstra falta de fé e de entendimento a respeito de Deus.
Mt 6.33 – A preocupação nos impede de dar atenção aos verdadeiros desafios aos quais Deus deseja que nos dediquemos.
Mt 6.34 – Viver um dia de cada vez evita que sejamos consumidos pela preocupação.

Um ótimo dia a todos em que as preocupações estejam nas mãos do Pai!

Fonte: Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal

23 novembro 2011

Alegria

Estas coisas vos tenho dito, para que o meu gozo permaneça em vós, e o vosso gozo seja completo. João 15:11

Quando as coisas estão indo bem, sentimos júbilo. Quando as dificuldades chegam, muitas vezes, afundamo-nos na depressão. Mas a verdadeira alegria transcende a onda gigante das circunstâncias: vem de um relacionamento consistente com Jesus Cristo. Quando a nossa vida esta entrelaçada com a dEle, Jesus nos ajuda a andar sobre as adversidades, sem cair em profundas debilidades, e conduz-nos à prosperidade, sem que nos movamos em uma soberba ilusória. A alegria de viver com Jesus diariamente nos manterá sensatos, a despeito da dimensão de nossos problemas. - BEAP

21 novembro 2011

O Maior Mandamento

Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força. O segundo é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Mc 12.30,31

As leis de Deus não são difíceis de serem cumpridas. Podem ser resumidas em dois princípios muito simples: amar a Deus e ao próximo. Estes mandamentos estão no AT (Dt 6.5; Lv 19.18). Quando você ama a Deus completamente e cuida do próximo como de si mesmo, está cumprindo os Dez Mandamentos e outras leis do AT. De acordo com Jesus, esses dois mandamentos resumem todas as leis de Deus. Deixe que elas governem seus pensamentos, suas decisões e ações. Quando não tiver certeza do que deve fazer, pergunte a si mesmo o que demonstrará melhor o seu amor por Deus e pelo próximo.

Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal.

14 novembro 2011

Moeda Perdida



Abraços,
Alexandre
.



 

Boa reflexão...



Jesus continuou a mostrar aos críticos escribas e fariseus a razão pela qual Ele comia com os pecadores, ao contar outra parábola parecida com a da ovelha perdida.
O dote de casamento da mulher comumente consistia em moedas que ela guardava cuidadosamente como seu maior tesouro, para transmitir às filhas. A perda de uma dessas moedas era considerada séria calamidade e sua recuperação era causa de grande alegria, motivo até de comemoração de toda vizinhança.
As mulheres geralmente colocavam tais moedas em uma faixa que usavam na testa para que todos pudessem ver. Essa moeda grega, a dracma, não tinha praticamente valor monetário, só valor sentimental, pois ela simbolizava a aliança existente entre os noivos.
No oriente, as casas pobres consistiam normalmente em um único quarto sem janelas e escuro. Tinha piso de terra batida ou pedra recoberto com palha para aliviar a poeira, o frio e a umidade. O quarto raramente era varrido e uma moeda que caísse ali era facilmente encoberta pelo pó e pelo lixo. Para encontrá-la, mesmo durante o dia, era preciso acender uma candeia [lamparina] e varrer a casa. Mas o valor sentimental da moeda compensava qualquer esforço.
A moeda é um objeto de metal, sem sentimento, sem razão, sem noção das coisas. Uma moeda perdida, ao contrário da ovelha, não sabe e nem sente que está perdida e, por isso, não acha que precisa de salvação. Ela não tem consciência da sua situação. Quando a moeda se perde, ela também perde o seu valor. Ela só brilha quando está nas mãos de seu dono. Jogada no chão, a moeda não tem valor. Ela perde o sentido de existir. Pode até brilhar por um tempo, até que a ferrugem tome conta dela e finalmente acabe enterrada e esquecida.
A moeda perdida simboliza as pessoas que hoje estão perdidas, mas não têm consciência da sua situação. Para elas, aparentemente, tudo está em ordem. Mas na verdade está tudo errado. Elas se recusam a aceitar que estão perdidas e insistem em dizer que está tudo bem. Carregam um vazio que dói. Que perturba. Que incomoda e que não as deixa ser felizes. A moeda perdida representa todos os homens e mulheres que não aceitam e nem reconhecem que estão perdidos.
Essas pessoas pensam que o que dá significado à vida é o brilho que elas têm. Concentram sua atenção nos próprios talentos, na própria capacidade. Podem ser grandes artistas, grandes profissionais, homens que brilham, mas não têm paz. Não querem reconhecer que precisam de Deus.
Nesta parábola, Cristo ensina que mesmo os que são indiferentes aos apelos de Deus não deixam de ser objeto do Seu amor incondicional. Continuam sendo procurados para salvação.
A expressão â€œacender a candeia” define claramente o dever dos cristãos para com os que necessitam de auxílio devido ao distanciamento de Deus. Os errantes não devem ser deixados em trevas e no erro, mas cumpre empregar todos os meios possíveis para trazê-los novamente à luz.
Acende-se a vela. Examina-se a Palavra de Deus em busca dos claros pontos da Verdade, para que os cristãos fiquem por tal modo fortalecidos com argumentos da Sagrada Escritura, com suas reprovações, ameaças e animações, que os desviados sejam alcançados.
Veja a profundidade do ensinamento de Jesus. A moeda foi perdida em casa. Alguns se encontram perdidos longe de nossos olhos. É preciso ir buscá-los. Outros, porém, estão bem perto, fazem parte da nossa família. É o seu marido, é a sua esposa, filhos ou pais que hoje estão perdidos e que você deve buscar.
A mulher da parábola busca incessantemente a moeda perdida. Acende a lamparina e varre a casa. Remove tudo que possa impedir sua procura. Embora uma única moeda esteja perdida, não cessam seus esforços até encontrá-la. O que você tem feito para encontrar os seus? Semelhantemente, na família e no círculo de amigos, se alguém estiver distante de Deus, devemos empregar todo meio possível para recuperá-lo. Pois, embora esteja sob o pó e o lixo, a moeda ainda é de prata. A dona se esforça em procurá-la porque lhe é de grande valor sentimental.
Assim todo ser humano, embora degradado pelo pecado, é precioso aos olhos de Deus. Como a moeda traz a imagem e a inscrição do poder reinante, igualmente â€" ao ser criado â€" o homem traz a imagem e a inscrição de Deus. E, mesmo ainda manchada e desfigurada pela influência do pecado, permanecem em toda alma os traços dessa inscrição.
A moeda perdida representa os seus que estão perdidos em delitos e pecados, mas não estão conscientes de sua condição. Estão distantes de Deus. Mas não sabem.


AVISO
Esta mensagem é destinada exclusivamente à(s) pessoa(s) indicada(s) como destinatário(s), podendo conter informações confidenciais, protegidas por lei. A transmissão incorreta da mensagem não acarreta a perda de sua confidencialidade. Caso esta mensagem tenha sido recebida por engano, solicitamos que seja devolvida ao remetente e apagada imediatamente de seu sistema. É vedado a qualquer pessoa que não seja destinatário usar, revelar, distribuir ou copiar, ainda que parcialmente, esta mensagem.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
DISCLAIMER
This message is destined exclusively to the intended receiver.
It may contain confidential or legally protected information.
The incorrect transmission of this message does not mean loss of its confidentiality.
If this message is received by mistake, please send it back to the sender and delete it from your system immediately.
It is forbidden to any person who is not the intended receiver to use, reveal, distribute, or copy any part of this message.

--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

Jesus continuou a mostrar aos críticos escribas e fariseus a razão pela qual Ele comia com os pecadores, ao contar outra parábola parecida com a da ovelha perdida.
O dote de casamento da mulher comumente consistia em moedas que ela guardava cuidadosamente como seu maior tesouro, para transmitir às filhas. A perda de uma dessas moedas era considerada séria calamidade e sua recuperação era causa de grande alegria, motivo até de comemoração de toda vizinhança.
As mulheres geralmente colocavam tais moedas em uma faixa que usavam na testa para que todos pudessem ver. Essa moeda grega, a dracma, não tinha praticamente valor monetário, só valor sentimental, pois ela simbolizava a aliança existente entre os noivos.
No oriente, as casas pobres consistiam normalmente em um único quarto sem janelas e escuro. Tinha piso de terra batida ou pedra recoberto com palha para aliviar a poeira, o frio e a umidade. O quarto raramente era varrido e uma moeda que caísse ali era facilmente encoberta pelo pó e pelo lixo. Para encontrá-la, mesmo durante o dia, era preciso acender uma candeia [lamparina] e varrer a casa. Mas o valor sentimental da moeda compensava qualquer esforço.
A moeda é um objeto de metal, sem sentimento, sem razão, sem noção das coisas. Uma moeda perdida, ao contrário da ovelha, não sabe e nem sente que está perdida e, por isso, não acha que precisa de salvação. Ela não tem consciência da sua situação. Quando a moeda se perde, ela também perde o seu valor. Ela só brilha quando está nas mãos de seu dono. Jogada no chão, a moeda não tem valor. Ela perde o sentido de existir. Pode até brilhar por um tempo, até que a ferrugem tome conta dela e finalmente acabe enterrada e esquecida.
A moeda perdida simboliza as pessoas que hoje estão perdidas, mas não têm consciência da sua situação. Para elas, aparentemente, tudo está em ordem. Mas na verdade está tudo errado. Elas se recusam a aceitar que estão perdidas e insistem em dizer que está tudo bem. Carregam um vazio que dói. Que perturba. Que incomoda e que não as deixa ser felizes. A moeda perdida representa todos os homens e mulheres que não aceitam e nem reconhecem que estão perdidos.
Essas pessoas pensam que o que dá significado à vida é o brilho que elas têm. Concentram sua atenção nos próprios talentos, na própria capacidade. Podem ser grandes artistas, grandes profissionais, homens que brilham, mas não têm paz. Não querem reconhecer que precisam de Deus.
Nesta parábola, Cristo ensina que mesmo os que são indiferentes aos apelos de Deus não deixam de ser objeto do Seu amor incondicional. Continuam sendo procurados para salvação.
A expressão “acender a candeia” define claramente o dever dos cristãos para com os que necessitam de auxílio devido ao distanciamento de Deus. Os errantes não devem ser deixados em trevas e no erro, mas cumpre empregar todos os meios possíveis para trazê-los novamente à luz.
Acende-se a vela. Examina-se a Palavra de Deus em busca dos claros pontos da Verdade, para que os cristãos fiquem por tal modo fortalecidos com argumentos da Sagrada Escritura, com suas reprovações, ameaças e animações, que os desviados sejam alcançados.
Veja a profundidade do ensinamento de Jesus. A moeda foi perdida em casa. Alguns se encontram perdidos longe de nossos olhos. É preciso ir buscá-los. Outros, porém, estão bem perto, fazem parte da nossa família. É o seu marido, é a sua esposa, filhos ou pais que hoje estão perdidos e que você deve buscar.
A mulher da parábola busca incessantemente a moeda perdida. Acende a lamparina e varre a casa. Remove tudo que possa impedir sua procura. Embora uma única moeda esteja perdida, não cessam seus esforços até encontrá-la. O que você tem feito para encontrar os seus? Semelhantemente, na família e no círculo de amigos, se alguém estiver distante de Deus, devemos empregar todo meio possível para recuperá-lo. Pois, embora esteja sob o pó e o lixo, a moeda ainda é de prata. A dona se esforça em procurá-la porque lhe é de grande valor sentimental.
Assim todo ser humano, embora degradado pelo pecado, é precioso aos olhos de Deus. Como a moeda traz a imagem e a inscrição do poder reinante, igualmente – ao ser criado – o homem traz a imagem e a inscrição de Deus. E, mesmo ainda manchada e desfigurada pela influência do pecado, permanecem em toda alma os traços dessa inscrição.
A moeda perdida representa os seus que estão perdidos em delitos e pecados, mas não estão conscientes de sua condição. Estão distantes de Deus. Mas não sabem.

--
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
www.jograis.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.paulo2907.multiply.com

Recebi por email
--------------------------- Mensagem Original ----------------------------
Assunto: moeda perdida.
De: "Alexandre"


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

20 outubro 2011

JESUS JÁ ESTEVE LÁ

------------------------------------------------------------------

V I D A E M C R I S T O

- http://www.iluminalma.com -

------------------------------------------------------------------

Quinta-feira, 20 de Outubro, 2011

JESUS JÁ ESTEVE LÁ
de Dennis Downing

A seguir Jesus saiu dos arredores de Tiro e atravessou Sidom, até o mar da Galiléia e a região de Decápolis. Ali algumas pessoas lhe trouxeram um homem que era surdo e mal podia falar, suplicando que lhe impusesse as mãos. Depois de levá-lo à parte, longe da multidão, Jesus colocou os dedos nos ouvidos dele. Em seguida, cuspiu e tocou na língua do homem. Então voltou os olhos para o céu e, com um profundo suspiro, disse-lhe: “Efatá!”, que significa “abra-se!” Com isso, os ouvidos do homem se abriram, sua língua ficou livre e ele começou a falar corretamente. Jesus ordenou-lhes que não o contassem a ninguém. Contudo, quanto mais ele os proibia, mais eles falavam. O povo ficava simplesmente maravilhado e dizia: “Ele faz tudo muito bem. Faz até o surdo ouvir e o mudo falar”. Marcos 7:31-37

Diferente do ministério de Jesus, hoje às vezes parece que os milagres só são realizados para milhões assistirem. A rosa ungida, o pano sagrado, a camisa em nó. De quantos desses amuletos Jesus precisou para curar o surdo-mudo? Quantas testemunhas ele queria para confirmar seu poder?

Com uma só palavra e "longe da multidão" Jesus curou o homem. Se as "curas" que assistimos na televisão são realmente pelo poder de Jesus, por que não fazem como Jesus e levam onde os doentes estão? Por que não vão para os corredores dos hospitais públicos super-lotados, para a ala dos pacientes terminais no hospital do câncer? Será que lá não há fé o suficiente para curar? Vai dizer para a mãe assistindo seu filho de sete anos sendo consumido por leucemia que Deus não pode ajudar por causa da falta de fé dela?

Jesus faz milagres hoje. Ele ainda cura. E aqueles que realmente crêem nEle são ouvidos, ainda que a cura às vezes não venha. Surdo é aquele que pensa que o preço do amor de Deus é medido em ofertas ou manipulado por talismãs. Jesus está falando, mas poucos estão ouvindo. O volume das vozes dos "profetas modernos" é ensurdecedor. Olhe para Jesus. Leia o que os lábios dele estão dizendo. "Efatá!" Ele está dizendo "Eu te amo". Ainda que você tenha que andar por todo o vale da sombra da morte, ele estará contigo. Ela vai junto. Ele já esteve lá. Ele foi por você.

Oremos: Bendito Deus e Pai, obrigado por um Senhor que não cobra nada, que não precisa de nada de nós. Obrigado porque ele nos ama tanto, que deu sua vida, sabendo que poderíamos nunca acreditar nele, nem agradecer pelo seu sacrifício. Isso é amor, Pai! Ninguém tem maior amor por nós do que Jesus. Que possamos dar ouvidos a Ele todos os dias desta vida e confiar no amor dEle. É só isso que precisamos e mais nada. Em nome de Jesus oramos e agradecemos. Amém.

*** Você pode nos ajudar a espalhar o Evangelho? Copie esta reflexão ou o link www.iluminalma.com/vec/1110/20-Jesus_esteve_la.html e envie para um colega, ou três amigos, ou, toda sua lista de emails. Quem sabe quanta semente você pode espalhar, e quanto fruto Deus multiplicará através do seu esforço.

Quer assinar o devocional "Jesus disse..."? É diário, de Jesus e de graça! www.hermeneutica.com/jd .

--------------------------------------------------------------------

http://www.iluminalma.com/vec/1110/20-Jesus_esteve_la.html Copyright © . Todos os direitos reservados.

13 outubro 2011

A Justificação pela Fé

Romanos 5
1 Justificados, pois, pela fé, tenhamos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo,
2 por quem obtivemos também nosso acesso pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e gloriemo-nos na esperança da glória de Deus.
3 E não somente isso, mas também gloriemo-nos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a perseverança,
4 e a perseverança a experiência, e a experiência a esperança;
5 e a esperança não desaponta, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.

27 setembro 2011

Seguir a Jesus…

------------------------------------------------------------------
  J E S U S   D I S S E
     - http://www.hermeneutica.com -
------------------------------------------------------------------

                                     Sexta-feira, 23 de Setembro, 2011
 
VERSÍCULO:
   Jesus dizia a todos: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me."
    -- Lucas 9:23
 
PENSAMENTO:
   Não vale a pena se negar e tomar a sua cruz só para seguir o mundo, ou só para seguir a galera, ou namorado, ou Maria ou o Papa, ou o pastor ou nossa igreja. Só vale a pena morrer para este mundo por causa de Jesus, porque ele morreu para este mundo por causa de nós. E só ele fez isso. Ele não disse creia nisso ou seja devoto daquilo. Ele disse "siga-me". Sigamos a ele. Podemos fazer isso na companhia de muitos outros. Podemos aprender de muitos outros. Mas, só seguimos a Jesus. Siga-me, ele disse. Vamos fazer isso com tudo que temos e tudo que somos porque só ele merece. Recentemente na China, o pastor Hua foi atacado por agentes oficias e levado para um local desconhecido. Na Colômbia, no dia 6 de setembro, o pastor Rafael foi assassinado por homens encapuzados na frente da sua esposa. Na Inglaterra, a enfermeira Shirley foi proibida de usar um pingente de crucifixo no trabalho sob a alegação de colocar em risco a saúde de pacientes. Tomar a cruz diariamente torna-se cada vez mais pesado para seguidores de Jesus. Para saber mais sobre o alto custo que alguns dos seus irmãos e irmãs ao redor do mundo estão pagando, e como você pode orar por eles, visite o site www.portasabertas.org.br
 
ORAÇÃO:
   Santo e eterno Pai, obrigado por nos dar um filho que merece ser seguido. É uma honra para nós seguir Jesus, e qualquer sacrifício que tivermos que fazer aqui vale a pena para estar mais perto dEle. Em nome de seu Filho oramos e agradecemos. Amém.
 
http://www.hermeneutica.com/jd/2/0923.html

24 setembro 2011

O Livro de Rute

É uma história linda e que tem várias coisas interessantes.

De início temos a história de Elimeleque, um homem de Belém de Judá, que, no tempo dos juízes, deixa a sua casa, suas terras, tudo enfim para ir atentar a sorte nos campos de Moabe. Os moabitas eram descendentes de Ló com sua filha mais velha (Gn 19.37). A história deste homem é bastante comum hoje, afinal, quantas vezes vemos as coisas dando errado e não queremos esperar o tempo de Deus? Queremos logo nos apressar, tomar providências e não consultamos ao Senhor, agimos de acordo com nossa própria vontade e acabamos sofrendo duras conseqüências... Elimeleque morreu e seus 02 filhos, que haviam casado com moças moabitas, também. Vale ressaltar que, mesmo sendo os moabitas parentes do israelitas, o casamento com os mesmos era proibido por Deus (Dt 23.3)! E agora, com fica Noemi? Viúva, com 02 noras viúvas e sem filhos! Que amargura para aquele coração, heim? Mas isso é o resultado da desobediência! Quer ser feliz? Procure saber a vontade do Senhor e submeta-se a essa vontade. Calma, eu sei que não é fácil. Especialmente quando nós mesmos nos achamos incapacitados, mas é melhor fazer a vontade de Deus do que morrer em terra estranha, não acha? Mas vamos à história de Rute...

A história de Rute é um tanto parecida com a nossa história. Ela foi esposa de Malom, primeiro filho de Noemi. Quando sua sogra voltou para a sua terra (agora que ela ouviu dizer que havia pão em Israel), Rute não quis deixá-la. O que eu acho interessante é a observação de Noemi para Rute: "Por isso disse Noemi: Eis que voltou tua cunhada ao seu povo e aos seus deuses; volta tu também após tua cunhada." (Rt 1.15). Noemi deixou-a livre para voltar ao seu povo E AOS SEUS DEUSES, mas Rute toma uma atitude inesperada, como a sua confissão: "O teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus;" (Rt 1.16) Ali, naquela hora, Rute resolveu servir um Deus que ela talvez nem conhecesse...

Em Israel, Rute conhece Boaz, parente remidor da família de Noemi, que redime as propriedades e casa-se com ela. Eles têm um filho e tornam-se bisavós do Rei Davi. Ou seja, a moabita entra na Genealogia de Jesus Cristo, que honra, heim? É a 3ª mulher a ter essa honra e a 2ª estrangeira.

Bom, a história de Rute como podemos ver é uma história de renuncia. Ela deixou o que tinha e o que poderia vir a ter, por amor à sua sogra e a um Deus e um povo que não conhecia. Da mesma forma, nós também temos que renunciar a tudo para seguirmos a Cristo ("Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me;" (Mt 16.24b). Seguir a Jesus não é facilidade! Não é mar de rosas é um caminho duro e espinhoso. Renunciar-se a si mesmo é muito mais difícil do que se possa fazer. Tudo que sua carne menos quer é ser renunciada, mas é a opção que Jesus nos dá: negue-se a si mesmo! Hoje as pessoas querem viver evangelhos em que elas não precisem deixar nada. Querem que Deus as aceite da forma como estão e permanecerem assim! Mas isso não é o verdadeiro evangelho! Não sou eu que diz isso, é Jesus: Negue-se a si mesmo! Deus te aceita como você é, mas recusa-se a deixá-lo assim (Max Lucado)! Afinal, pra entrar nos céu tem que ser santo, como o Senhor é santo! (1 Pe 1.15,16)

E será que isso vai ser ruim assim pro resto da vida? Bom, nesta vida temos 100 vezes tanto e no depois a vida eterna (Mt 19.29). Rute teve uma recompensa e tanto: casou-se novamente, foi abençoada com um filho e o Deus de Israel, sob cujas asas se abrigou, concedeu-lhe a honra de ser bisavó do maior Rei de Israel. Jesus é o nosso Remidor! Aquele que veio derramar o seu próprio sangue, oferecer-se em sacrifício vivo ao seu Pai. Um sacrifico que ninguém podia pagar! Há um texto que circula na net dizendo que Jesus pergunta ao diabo o que ele está fazendo com as pessoas. O diabo diz: me divertindo e depois vou destruí-las. Então Jesus oferece todo seu sangue e sua vida ao diabo em troca das pessoas! ISSO É HERESIA!!! TEORIA DIABÓLICA!!! Jesus não se ofereceu em sacrifício a nenhum cão do inferno! Jesus ofereceu-se em sacrifício ao único que era digno de recebê-lo, aquele cujo amor foi tão grande que ofereceu seu próprio filho para morrer pelos nossos pecados.

Jesus te redime, meu amigo, do pecado. Ele tem uma vida eterna pra te dar, de gozo e felicidade. Claro, no mundo, aflições (Jo 16.33), mas ainda assim, 100 vezes tanto. Pense só. Nem eu nem você éramos dignos sequer de Jesus vir e morrer por nós e ele veio por seu grande amor. E ainda nos oferece a vida eterna, a vida eterna ao seu lado! Ao lado da fonte de felicidade viva e verdadeira! Jesus quer te salvar hoje! Entregue sua vida a ele e veja o que ele pode fazer. Não importa a situação em que você esteja, Jesus tem poder para transformar!

Deus te abençoe ilumine a tua vida neste dia de hoje!

21 setembro 2011

Ponto Negro

O PONTO NEGRO

Certo dia, um professor entrou na sala de aula e disse aos alunos para se
prepararem para uma prova relâmpago. Todos se sentiram assustados com o
teste que viria.
O professor entregou então, a folha com a prova virada para baixo, como era
de costume...
Quando puderam ver, para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou
texto, apenas um ponto negro no meio da folha.
O professor, analisando a expressão surpresa de todos, disse:
- "Agora vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo."
Todos os alunos, confusos, começaram a difícil tarefa. Terminado o tempo, o
professor recolheu as folhas, colocou-se na frente da turma e começou a ler
as redações em voz alta.
Todas, sem exceção, definiram o ponto negro tentando dar explicações por sua
presença no centro da folha.
Após ler todas, a sala em silencio, ele disse:
- "Esse teste não será para nota, apenas serve de aprendizado para todos nós
Ninguém falou sobre a folha em branco. Todos centralizaram suas atenções no
ponto negro. Assim acontece em nossas vidas. Temos uma folha em branco
inteira para observar, aproveitar, mas sempre nos centralizamos nos pontos
negros."

A vida é um presente de DEUS dado a cada um de nós, com extremo carinho e
cuidado. Temos motivos pra comemorar sempre. A natureza que se renova os
amigos que se fazem presentes, o emprego que nos dá sustento, os milagres
que diariamente presenciamos.
No entanto, insistimos em olhar apenas para o ponto negro. O problema de
saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro, o relacionamento difícil com um
familiar, a decepção com um familiar, a decepção com um amigo. Os pontos
negros são mínimos em comparação com tudo aquilo que temos diariamente, mas
são eles que povoam nossa mente.
Tire os olhos dos pontos negros da sua vida. Aproveite cada benção, cada
momento que Deus lhe dá. Creia que o choro pode durar até o anoitecer, mas a
alegria logo vem no amanhecer. Seja feliz!

UM GRANDE ABRAÇO.
GILSON LIMA

Recebi por e-email

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
www.jograis.com
-------Mensagem original-------
De: DR. GILSON LEMOINE

--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antiv�rus e
acredita-se estar livre de perigo.

13 setembro 2011

Vida em Cristo : Um Bando de Lições

------------------------------------------------------------------
  V I D A   E M   C R I S T O
------------------------------------------------------------------
 
 
 
                                     Terça-feira, 13 de Setembro, 2011
 
 
 
UM BANDO DE LIÇÕES
  de Autor Desconhecido
 
 
Fato: Gansos voando em formação, ao baterem suas asas, criam um fluxo
de ar que ajuda a sustentar os gansos que os seguem. Voando no
formato de "V", o bando inteiro tem um alcance de vôo até 70% maior
do que se cada ave voasse sozinha.
 
Lição: Pessoas que compartilham uma direção em comum e um senso de
comunidade chegam ao seu destino com mais facilidade quando ajudam
uns aos outros no caminho.
 
Fato: Se um ganso sair da formação, ele sente a resistência e a força
extra necessária para voar sozinho. Consequentemente, ele volta logo
à formação para aproveitar a aerodinâmica das outras aves do grupo.
 
Lição: Se tivermos ao menos o bom senso de um ganso, ficaremos
alinhados com aqueles que estão indo na mesma direção.
 
Fato: Quando o ganso da frente cansar, ele volta para trás na
formação e outro assume a posição de ponta.
 
Lição: Vale a pena compartilhar a liderança e revesar o trabalho
cansativo.
 
Fato: Gansos voando em formação grasnam para encorajar os que estão
na frente a manterem o ritmo.
 
Lição: É importane que o nosso "grasnar" seja encorajador, e não o
contrário!
 
 
 
Fato: Quando um ganso adoece ou é alvejado, outros dois descem com
ele para tentar protegê-lo. Eles ficam com o outro ganso até ele
morrer ou poder voltar a seguir o vôo.
 
Lição: Quando sofremos, cabe aos nossos próximos ficarem ao nosso
lado.
 
Veja a imagem deste texto: Gálatas 6:2
 
Esta tradução é Copyright © 2011 Dennis Downing. Todos os direitos
reservados.
 
--------------------------------------------------------------------
 
--------------------------------------------------------------------
 
 
  ---
  Copyright © . Todos os direitos reservados.
 
 
 
  VIDA EM CRISTO de iluminalma
===============================================================
 
Vida em Cristo é um devocional semanal para guiar os nossos
pensamentos e vidas mais próximas a Jesus Cristo. Os
devocionais vêm do site da internet www.iluminalma.com.
Visite http://www.iluminalma.com para descobrir ainda mais
bênçãos para a sua vida. Todos os direitos reservados,
© 2003 iluminalma.com
 
Este devocional foi enviado para paulo2907@gmail.com, que está
recebendo desde 05 Jan 2007  04:41.
 
COMO É QUE EU ASSINO?
É GRATIS! Para assinar, envie um correio eletrônico para:
 
COMO É QUE EU ENCERRO MINHA ASSINATURA?
Envie uma mensagem para seu endereço particular de
encerramento de assinatura:
 
===============================================================
 
 
Animacoes GRATUITAS para seu e-mail – do IncrediMail! Clique aqui!
--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

08 setembro 2011

Vida em Cristo : Coloque a Isca

------------------------------------------------------------------
  V I D A   E M   C R I S T O
------------------------------------------------------------------
 
 
 
                                    Quinta-feira,  8 de Setembro, 2011
 
 
 
COLOQUE A ISCA
  de Alan Smith
 
 
Um pai levou seu filho para pescar num rio. Eles colocaram a linha
com os anzóis e iscas e foram até o chalé onde estavam hospedados.
 
Uma hora depois voltaram para o rio para ver se haviam pego alguma
coisa. Vários peixes haviam sido fisgados nos anzois. "Eu sabia que
haveria, pai", declarou o filho. "Como você sabia"? perguntou o pai.
"Porque eu orei", o meninos disse.
 
Então, eles colocaram mais iscas nos anzóis e voltaram ao chalé para
jantar. Depois, desceram ao rio outra vez e havia mais peixes
fisgados na linha. "Sabia", falou o menino. "E como"? pergunto o pai.
"Orei de novo", falou o filho.
 
Então eles colocaram a linha outra vez e voltara ao chalé. Antes de
dormir eles desceram de novo ao rio. Desta vez não havia peixes.
"Sabia que não teria", declarou o menino. "Como você sabia"?
perguntou o pai. "Porque" falou o menino "Desta vez eu não orei". "E
por que não"? indagou o pai. "Porque eu lembrei que esquecemos de
colocar a isca nos anzóis", falou o menino.
 
Ambos os elementos são essenciais.
 
Há um ditado popular que diz assim "Ore como se tudo dependesse de
Deus, mas, trabalhe como se tudo dependesse de você." Eu não estou
completamente satisfeito com este ditado porque parece que está
dizendo que devíamos viver nossas vidas como se Deus não estivesse
fazendo nada (quando a verdade é que, se alguma coisa acontece, será
porque ele a fez acontecer).
 
No entanto, posso apreciar o sentimento de que não devíamos
simplesmente orar e daí relaxar e esperar que Deus faça alguma coisa.
Entretanto, parece que fazemos isso o tempo todo. Oramos para que
Deus abençoe os necessitados. E depois, o que é que fazemos para
abençoá-los? Será que Deus vai fazer descer do céu encomendas de
comida e roupas? Ele os ajudará através de pessoas como nós suprindo
suas necessidades.
 
Parece que nossas consciências são tranquilizadas quando pedimos a
Deus para cuidar dos enfermos, dos necessitados, dos abandonados,
enquanto nós relaxamos e não fazemos nada para ajudar. Orar por todas
as pessoas que não conhecem Jesus nos faz sentir bem enquanto vivemos
nossas vidas sem falar dEle às pessoas ao nosso redor. Sentimos que
"cumprimos o nosso dever" orando por missionários, sem ao menos
enviar uma palavra de encorajamento a quem está no campo missionário.
 
Em essência, deixamos de colocar a isca no anzol, e daí oramos para
que Deus fisgue os peixes. Note a diferença, porém, neste exemplo que
Neemias deixou para nós:
 
Hanani, um dos meus irmãos, veio de Judá com alguns outros homens, e
eu lhes perguntei acerca dos judeus que restaram, os sobreviventes do
cativeiro, e também sobre Jerusalém. E eles me responderam: "Aqueles
que sobreviveram ao cativeiro e estão lá na província passam por
grande sofrimento e humilhação. O muro de Jerusalém foi derrubado, e
suas portas foram destruídas pelo fogo". Quando ouvi essas coisas,
sentei-me e chorei. Passei dias lamentando-me, jejuando e orando ao
Deus dos céus... O rei me disse: "O que você gostaria de pedir?"
Então orei ao Deus dos céus, e respondi ao rei: Se for do agrado do
rei e se o seu servo puder contar com a sua benevolência, que ele me
deixe ir à cidade onde meus pais estão enterrados, em Judá, para que
eu possa reconstruí-la. Neemas 1:2-4; 2:4-5
 
 
 
Note que Neemias não só orou a Deus para que ele reconstruisse os
muros de Jerusalém. Ele orou e daí se esforçou para fazer tudo que
ele podia para realizar aquele projeto. Ambos os elementos são
essenciais. Que as nossas orações sejam não só para que Deus abençoe
os outros, mas, que Deus nos use para abençoar aqueles ao nosso
redor. Não ore por peixe, a não ser que você esteja disposto a
colocar a isca no anzol.
 
Veja também de Alan Smith: Aqui e Agora
 
--------------------------------------------------------------------
 
--------------------------------------------------------------------
 
 
  ---
  Copyright © . Todos os direitos reservados.
 
 
 
  VIDA EM CRISTO de iluminalma
===============================================================
 
Vida em Cristo é um devocional semanal para guiar os nossos
pensamentos e vidas mais próximas a Jesus Cristo. Os
devocionais vêm do site da internet www.iluminalma.com.
Visite http://www.iluminalma.com para descobrir ainda mais
bênçãos para a sua vida. Todos os direitos reservados,
© 2003 iluminalma.com
 
Este devocional foi enviado para paulo2907@gmail.com, que está
recebendo desde 05 Jan 2007  04:41.
 
COMO É QUE EU ASSINO?
É GRATIS! Para assinar, envie um correio eletrônico para:
 
COMO É QUE EU ENCERRO MINHA ASSINATURA?
Envie uma mensagem para seu endereço particular de
encerramento de assinatura:
 
===============================================================
 
 
Animacoes GRATUITAS para seu e-mail – do IncrediMail! Clique aqui!

27 julho 2011

Benignidade e Temor

Salmos 5:7 Mas eu, pela grandeza da tua benignidade, entrarei em tua casa; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo.

Li esse versículo esse fim de semana e fiquei impressionado em como Davi define como deve ser a vida do crente. Ele diz: eu entrarei em tua casa pela gradeza da tua benignidade - misericórida em outra versão - e é exatamente por causa dessa misericórdia que nós podemos entrar na casa de Deus. Eu "viajei" um pouco e não pensei nessa casa como templo físico, mas como a Casa de Deus, sua Igreja mesmo. Eu só posso me achegar a Deus porque Ele usou de grande misericórdia para com a minha vida. Como? Enviando Jesus que morreu por mim. Só pelo sangue de Jesus, por sua carne, por sua morte tenho acesso ao novo caminho que ele nos consagrou e posso me aproximar de Deus. Através de Jesus, podemos ser chamados filhos de Deus.

E agora que Deus usou de misericórdia para comigo e me tornou seu filho por Jesus, como devo me portar? Como devo viver? Devo viver em temor. Temor que não é medo, mas respeito. Consciência de sua presença e de seu senhorio sobre a minha vida em todos os momentos. Em temor eu chego ao templo de Deus, entendendo que aquela é a sua casa e que ali ele deve ser adorado e reverenciado.

Que Deus me ajude a viver de acordo com sua misericórdia em temor e reverencia ao seu poder e ao seu senhoria.
--
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
www.jograis.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.paulo2907.multiply.com


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

21 julho 2011

Feliz Dia do Amigo

amigos1

Em todo tempo ama o amigo; e na angústia nasce o irmão (Pv 17:17).

Que tipo de amigo você é? Existe uma grande diferença entre conhecer bem alguém e ser um verdadeiro amigo. A maior evidência da amizade genuína é a lealdade (1 Co 13.7); estar disponível para ajudar nos momentos de angústia e dificuldade. Muitas pessoas são amigas de ocasião. Ficam por perto quando a amizade as beneficia e afastam-se quando não conseguem tirar proveito do relacionamento. Pense sobre seus amigos e avalie sua leladade para com eles. Seja o tipo de amigo verdadeiro que a Bíblia nos encoraja a ser. - BEAP

08 julho 2011

Vencedor

264220_254657591215261_100000130665912_1288617_3534611_n

Ser um vencedor não é apenas viver de coroas e troféus, não é apenas ser governador ou príncipe, ser um vencedor é, acima de tudo, ter a aprovação de Deus, mesmo que isso signifique ser rejeitado pelo mundo! Jesus é o nosso maior exemplo. Foi perseguido, caluniado, preso, chicoteado, carregou uma cruz pesada sobre seus ombros e sobre ela morreu pendurado! Quem poderia imaginar que aquele carpinteiro crucificado com malfeitor estava realizando a maior obra da face da terra? Mas quando Jesus deu o brado: “Está Consumado!”, Ele venceu e nos garantiu a vitória também, porque a sua obra foi aprovada por Deus!

Não se preocupe com o que o mundo esteja dizendo sobre você, a opinião de Deus é que vale e Ele é que te faz muito mais do que vencedor em Cristo!

24 junho 2011

Somente em Cristo

SOMENTE EM CRISTO
(In Christ Alone)

Somente em Cristo minha esperança está
Ele é minha luz, minha força, minha canção
Esta Pedra de esquina, este lugar sólido
Firme através da mais feroz seca ou tempestade
Que alturas de amor, que profundezas de paz
Quando medos são tranquilizados,
quando os esforços cessam
Meu Confortador, meu Tudo em tudo
Aqui no amor de Cristo eu permaneço

Somente em Cristo, que se fez carne
Plenitude de Deus em indefeso bebê
Este presente de amor e retidão
Desprezado pelos que veio salvar
Até àquela cruz onde Jesus morreu
A ira de Deus foi satisfeita
Para cada pecado em que ele foi condenado
Aqui na morte de Cristo eu vivo

Naquele lugar em que Seu corpo está
Luz do mundo pela escuridão morta
Então irrompeu para fora em um dia glorioso
Saiu do túmulo, subiu novamente
E permanece em vitória
A maldição do pecado perdeu seu poder sobre mim
Porque sou dEle e Ele é meu
Comprado pelo precioso sangue de Jesus

Sem culpa na vida, sem medo na morte
Este é o poder de Cristo em mim
Do primeiro choro da vida ao último suspiro
Jesus comanda meu destino
Nem poder do inferno, nem planos do homem
Podem nunca me arrancar de Sua mão
Até Ele voltar e me chamar para o Lar
Aqui no poder de Cristo vou permanecer

http://www.lyricstime.com/avalon-in-christ-alone-tradu-o-lyrics.html

16 junho 2011

Perdido no Deserto…

deserto

Salmos 107:4 Andaram desgarrados pelo deserto, por caminho ermo; não acharam cidade em que habitassem.
5 Andavam famintos e sedentos; desfalecia-lhes a alma.
6 E clamaram ao Senhor na sua tribulação, e ele os livrou das suas angústias;
7 conduziu-os por um caminho direito, para irem a uma cidade em que habitassem.
8 Dêem graças ao Senhor pela sua benignidade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens!
9 Pois ele satisfaz a alma sedenta, e enche de bens a alma faminta.

Perda, fome, sede e exaustão; estas palavras definem a situação dos israelitas no exílio. Mas também a de qualquer pessoa que não tenha encontrado a satisfação que vem de conhecer a Deus. Quem reconhecer seu vazio pode receber a oferta de Jesus para satisfazer suas necessidades. Jesus é o Caminho (João 14:6), o Pão do céu (João 6:33,35), a Água da vida (João 4:10-14) e Aquele que dá o descanso (Mateus 11:28-30). Você já recebeu a sua oferta de vida? - BEAP

Um bom dia e que você encontre em Jesus a verdadeira vida!

28 maio 2011

Trabalhando em vão…

Ora, ao que trabalha não se lhe conta a recompensa como dádiva, mas sim como dívida; porém ao que não trabalha, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é contada como justiça; (Rm 4.4,5)

Na parábola da Grande Ceia, em Lucas 14, encontramos um homem que é convidado mas recusa o convite porque vai “experimentar as cinco juntas de bois que comprou”. É o tipo do homem que espera se justificar com o trabalho, com as obras. E muitas pessoas em todas as épocas, querem (ou quiseram) se justificar com as obras, isso desde Adão, que, quando descobriu que estava nu, fez um avental de folhas de figueira. Mas aí o que foi que Deus fez? Túnicas de pele e vestiu o homem e a mulher, ou seja, mostrou desde já que eles suas obras não escondiam o seu pecado.

E é disso que o apóstolo Paulo fala nesse trecho de Romanos. se você trabalha, a recompensa não é um favor, é uma dívida pelo que você fez; mas aquele que não trabalha (que não se esforça na tentativa de se justificar), mas crê… Esse tem sua fé contada como justiça. Ou seja, meu amigo, pare de querer se justificar diante de Deus pelas suas obras, você não precisa! O preço já foi pago, providenciado pelo próprio Deus. Você não precisa fazer mais nada a não ser crer nele e no sacrifício de Jesus Cristo na Cruz do Calvário. Cabou! Você não precisa de vela, de penitência, de caridade, de flagelação, de caminhadas, subir ou descer morros ou coisa parecida. Jesus já fez tudo que devia ser feito de uma vez e para sempre.

E o apóstolo ainda diz mais: “assim também Davi declara bem-aventurado o homem a quem Deus atribui a justiça sem as obras, dizendo: Bem-aventurados aqueles cujas iniqüidades são perdoadas, e cujos pecados são cobertos. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputará o pecado”. (vv 6-8) É Deus quem pode perdoar e não imputar o pecado, é nele que você deve crer e não em suas próprias forças. Faça isso e você sentirá que o peso das “cinco juntas de bois” cairá de seus ombros e você poderá caminha livre, de cabeça erguida e cantando: “Livre estou, livre estou, pela graça de Jesus, livre estou!”

18 maio 2011

Romanos 1.18-32

18 Pois do céu é revelada a ira de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens que detêm a verdade em injustiça.
19 Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.
20 Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis;
21 porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.
22 Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos,
23 e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de
quadrúpedes, e de répteis.
24 Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si;
25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.
26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;
27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
28 E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;
29 estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade;
30 sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pais;
31 néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, sem misericórdia;
32 os quais, conhecendo bem o decreto de Deus, que declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam.

25 abril 2011

Como praticar a paciência...

Tendes necessidade de paciência. Hebreus 10:36

— Mamãe, disse Pedrinho. Achei um botão lindo no seu pé de flor.
— Que bom! disse a mãe. O que você fez com ele?
— Eu já desabotoei, disse Pedrinho.
— Você fez o quê? a mãe perguntou.
— Eu o desabotoei. Abri o botão para virar flor.
— Ai, não diga! a mãe disse. Deixe-me ver.
Então Pedrinho e a mãe dele foram até a jardineira onde estava a flor que ele havia
"desabotoado".
Era verdade, ele tinha aberto o botão. Algumas pétalas estavam rasgadas. Nunca mais seria uma flor bonita.
— Não está muito bonita, não é mesmo, Pedrinho? a mãe lhe disse.
— Não, Pedrinho teve que concordar.
— Benzinho, a mãe falou, para as coisas como flores nós temos que esperar o tempo de Deus. O sol de Deus precisa brilhar, a chuva dele precisa cair, e a vida que Deus dá precisa agir dentro do botão. E a flor se abre então. Você não pode fazê-la desabrochar. Quando você tenta fazer isto, estraga a flor.
—Mas eu não queria esperar, disse Pedrinho. Demora muito.
— Você não teve bastante paciência, a mãe disse. Na Bíblia Deus diz assim:
"Tendes necessidade de paciência." Isto quer dizer que você precisa aprender a esperar Deus agir.
— Por que temos de esperar por Deus? perguntou Pedrinho. Ele não estava entendendo muito bem o que a mãe explicava.
— A Bíblia diz que temos necessidade de paciência para fazermos o que Deus quer e recebermos o que Ele prometeu, disse-lhe a mãe. Quando confiamos em Deus e esperamos por Ele, recebemos Suas melhores dádivas.
— A senhora diz esperar como eu preciso esperar a flor até ela ficar bem bonita? Pedrinho perguntou.
— É sim, a mãe disse. Como esperar pela flor até ela ficar bem bonita! Para isto precisamos de paciência.

Perguntas para que pensemos sobre isto: Que foi que Pedrinho fez com o botão? Por que não deu certo? O que a mãe de Pedrinho lhe disse que ele precisava ter? O que é paciência? Por que precisamos de paciência? Que é que Deus promete se formos pacientes e esperarmos que ele faça o que for preciso?

Leitura bíblica para crianças maiores e adultos: Hebreus 10:32-39.

Nossa oração: Amado Pai celestial, pedimos que nos ensines a paciência nas pequenas coisas para que saibamos esperar Tua ação nas grandes coisas. Isto Te rogamos em nome de Jesus. Amém.

Fonte: Horinhas com Deus, Vol 2.


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

20 abril 2011

Paixão–Tempo de Relembrar…

cruzes

Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas, cada um se desviava pelo seu caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós. – Isaías 53.6

Nesses dias, o mundo cristão volta suas mentes para um fato ocorrido há cerca de 2.000 anos atrás: a morte de Jesus. Nessa época muito se fala sobre isso, muito se representa isso (algumas vezes com o interesse puramente lucrativo), também procura-se distorcer e negar o fato. Mas uma coisa é certa, Jesus em sua vida e em sua morte revolucionou e mudou o mundo.

Se não fosse por Jesus e sua morte na cruz do calvário, o homem continuaria preso às suas culpas e seus pecados e condenado ao inferno pelo resto de seus dias. Se não fosse por Jesus, não conheceríamos verdadeiramente o amor de Deus e a sua graça salvadora. Se não fosse por Jesus, o homem não saberia o que é viver em verdadeira harmonia e comunhão. Sem Jesus, continuaríamos sendo escravos.

Como já avisara o profeta, cada um se desviava no seu caminho, cada um seguia seus próprios deleites, suas inclinações carnais para a destruição, mas ele, mesmo sem nenhum pecado, nenhuma culpa, carregou sobre seus ombros os nossos pecados tomando aquela cruz sobre os seus ombros.

Entenda esse sacrifício. Quando você crer nele e entregar-lhe a sua vida, essa vida passará a ter um sentido, um propósito e, além de tudo, o levará para perto dele. Eu não mercia, nem você… Nenhum de nós… Mas naquele dia ele usou a nossa coroa, nossas vestes, nossa vergonha, nossa cruz…

11 abril 2011

A Grande Luta do Homem...

Gálatas 5.17-25

Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes se opõem um ao outro, para que não façais o que quereis.
Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.
Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia,
a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos,
as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deus.
Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade.
a mansidão, o domínio próprio; contra estas coisas não há lei.
E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.
Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito.


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

30 março 2011

O destino de todos nós…

Pois, quando morrer, nada levará consigo; a sua glória não descerá após ele. Salmos 49.17

Acabei de assistir um episódio do CSI sobre um ator rico e famoso que morre ao tentar fazer algo consigo mesmo. Em todo filme uma cena me chocou: quando levam o corpo para fazer a autópsia e colocam uma etiqueta no dedão do rapaz.

Assim… tipo… pare pra imaginar a pessoa mais bonita, ou mais rica, ou mais cheia de vida ou mais inteligente que você conhece naquela situação: deitado numa mesa de necrópsia identificado por um etiqueta… A produção foi bastante feliz nessa cena porque mostrou o que realmente acontece quando a morte chega para quem quer que seja. E o episódio termina novamente com a mesma cena e os investigadores questionando exatamente isso: de quê adiantou tanta fama, tanto dinheiro?

Aumentando, nós podemos questionar: de quê vai adiantar a fama, o poder, a riqueza, a beleza, a juventude, a experiência, a inteligência, os títulos, os prêmios, os cargos, a arrogância, a soberba quando chegar a “senhora encapuzada com a foice na mão”? NA-DA!

Por isso não podemos ter o nosso coração preso às coisas desta vida porque todas elas são passageiras como a fumaça. Ele deve ser ligado às coisas eternas, à vida eterna que é Cristo Jesus: o verdadeiro e infalível tesouro. Com esse tesouro “etiquetado” em nosso coração, fruiremos uma vida cheia de alegria aqui e a vida eterna quando partirmos dessa vida.

Pense nisso…

20 março 2011

Jesus Disse : Lucas 22:16

------------------------------------------------------------------
J E S U S D I S S E
- http://www.hermeneutica.com -
------------------------------------------------------------------


Domingo, 20 de Março, 2011

VERSÍCULO:
?Pois eu lhes digo: Não comerei dela novamente até que se
cumpra no Reino de Deus?.
-- Lucas 22:16

PENSAMENTO:
A Páscoa lembrava um evento do passado. Deus libertou seu povo
da escravidão no Egito. A ceia do Senhor, que está sendo
instituída agora, antecipa um evento futuro ? quando todos os
filhos do Reino estarão presentes, para sempre, no Reino de Deus.
Este é o cumprimento pelo qual Jesus vai esperar. Naquele Dia
haverá outro banquete no qual irão participar todos os salvos em
Cristo Jesus (Lc 13:29; Apoc 19:7-9). Jesus vai estar lá também
lembrando sua última Páscoa. Até então ele não celebrará mais
este momento. Por quê? Porque ele está esperando o dia em que vai
poder celebrar com todos nós, juntos no Céu. Há uma pessoa pela
qual ele morreu para que pudesse estar lá ? você. Não deixe
seu lugar naquela mesa vazia. Jesus está lhe esperando. Tem alguma
coisa que você precisa fazer para que a espera dele não esteja em
vão?

ORAÇÃO:
Deus santo e venerável, nenhum de nós merece o sacrifício que
Jesus fez por nós. Mas, ele já fez e está esperando por nós.
Dê-nos a devida urgência para que não percamos esta grande
bênção que foi reservada para nós. No nome dAquele que nos
aguarda na eternidade, oramos. Amém.

http://www.hermeneutica.com/jd/2/0320.html

JESUS DÍSSE de Hermeneutica.com - "365 dias nas palavras de Jesus"


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

08 março 2011

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER

João 8.1-12
 
Jesus, porém, foi para o Monte das Oliveiras.
 
E pela manhã cedo tornou para o templo, e todo o povo vinha ter com ele, e, assentando-se, os ensinava.
 
E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério;
 
E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando.
 
E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes?
 
Isto diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra.
 
E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.
 
E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra.
 
Quando ouviram isto, redargüidos da consciência, saíram um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos; ficou só Jesus e a mulher que estava no meio.
 
E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?
 
E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais.
 
--
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
 
 

23 fevereiro 2011

Jesus Disse : Lucas 21:23-24

------------------------------------------------------------------
J E S U S D I S S E
- http://www.hermeneutica.com -
------------------------------------------------------------------

Quarta-feira, 23 de Fevereiro, 2011

VERSÍCULO:
"Como serão terríveis aqueles dias para as grávidas e para
as que estiverem amamentando! Haverá grande aflição na terra e
ira contra este povo. Cairão pela espada e serão levados como
prisioneiros para todas as nações. Jerusalém será pisada pelos
gentios, até que os tempos deles se cumpram."
-- Lucas 21:23-24

PENSAMENTO:
Segundo o historiador Josefo, o ataque do exército Romano a
Jerusalém resultou na morte de mais de um milhão de pessoas, e
cerca de cem mil levadas como prisioneiros. Deus queria evitar
tamanha tragédia e sofrimento. Ele fez de tudo para poupar o povo
que ele criou, preparou e chamou para um reino eterno. Mas, a
destruição do povo de Israel é nada comparado com a destruição
que espera a humanidade, se não houver arrependimento e uma
aceitação da graça de Deus antes do dia de julgamento. Veremos
vizinhos, parentes e amigos juntos com os milhões de outros
perdidos, se não os persuadirmos antes a voltarem para Jesus.
Vamos escutar o alerta de Jesus para todo homem e mulher que ainda
está vivo hoje. Creia no filho de Deus. Submeta-se a ele como
Senhor e Salvador. Deus é capaz de salvar cidades e povo inteiros,
como ele fez com o povo de Nínive (Lc 11:32). Mas, os servos dele
têm que pregar as Boas Novas. Será que o povo de Deus de hoje
percebeu qual é seu verdadeiro papel?

ORAÇÃO:
Bendito é o Senhor que espera pacientemente enquanto um povo
demora a escutar o Evangelho. Bendito é o Senhor que espera
enquanto seu povo demora a pregar o Evangelho. Bendito o nome do
Senhor que enviou seu Filho para uma morte terrível, enquanto os
irmãos dele muitas vezes esquecem o quanto o Senhor fez para que
seus vizinhos fossem salvos. Bendito o nome do Senhor para todo o
sempre. Lembre-nos, Pai, que nós não temos todo o sempre. Nós
só temos esta vida. Que possamos acordar e assumir com toda garra
a missão gloriosa que o Senhor conferiu a nós. Em nome do
Salvador do Mundo nós oramos. Amém. [*** Muito obrigado pelas
visitas. Por favor, continue. Precisamos da sua ajuda a cada dia.]

http://www.hermeneutica.com/jd/2/0223.html



JESUS DÍSSE de Hermeneutica.com - "365 dias nas palavras de Jesus"
===============================================================
http://www.hermeneutica.com/jd

COMO É QUE EU ASSINO?
É GRATIS! Para assinar, envie um correio eletrônico para:
jesusdisse-sub@maillists.heartlight.org

--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antiv�rus e
acredita-se estar livre de perigo.

18 fevereiro 2011

Quando o Bom Pastor chama

Quando o Bom Pastor chama
O Senhor é meu Pastor. Salmo 23:1

No lindo país da Escócia havia um pastor que tinha uma filhinha. Muitas vezes ele a levava consigo quando conduzia as ovelhas aos pastos verdes ou às águas paradas e frescas nos vales.

A menina gostava muito de estar com o pai e suas ovelhas. Mais de tudo, ela gostava de ouví-lo chamar as ovelhas e ver os animais se aproximarem quando o ouviam.

A menina tornou-se moça, e foi trabalhar numa grande cidade. A princípio ela escrevia cartas ao pai todas as semanas, mas logo o intervalo entre uma carta e outra foi se tornando mais longo. Finalmente, ela parou mesmo de escrever.

Um dia um moço de sua terra viu-a na grande cidade e dirigiu-lhe a palavra. Mas ela fez que nunca o tivesse conhecido. Mais tarde, outras pessoas lhe disseram que ela muitas vezes ficava bêbada e que morava com homens com quem não era casada. Quando o moço voltou para casa, contou ao pastor o que soube de sua filha.

Imediatamente o pastor saiu à sua procura. Dia após dia percorreu as ruas da grande cidade, esperando encontrá-la.

Depois lembrou-se de como sua filhinha o escutava chamar as ovelhas. Então passou pelas ruas da cidade novamente, desta vez erguendo a voz naquele chamado de pastor de ovelhas.

Quando a filha ouviu a voz do pai, sabia logo quem era. Saiu depressa à rua para encontrá-lo. Ele a abraçou e pediu que ela voltasse para casa consigo. E vendo o quanto o pai a amava, ela voltou com ele, e tornou-se novamente uma pessoa boa e decente.

Jesus disse : "Eu sou o Bom Pastor". Nós somos as Suas ovelhas. Ele deu até a própria vida para salvar as Suas ovelhas. Elas conhecem a Sua voz. É uma voz amorosa, perdoadora, convidativa, que Suas ovelhas gostam de ouvir e seguem com alegria.

"O Senhor é o meu Pastor", nós dizemos no Salmo 23. Ele nos chama para deixarmos nossos pecados e nos faz voltar para uma vida linda com Deus. O Seu amor nos dá prazer em ir para junto dEle e querermos ser decentes e honestos por Sua causa.
--
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
www.jograis.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.paulo2907.multiply.com


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

08 fevereiro 2011

Como ser alegre

Como ser alegre
O coração aformoseia o rosto. Provérbios 15:13

— Nunca nada dá certo para mim, disse Joana. Eu queria ser convidada para a festinha de aniversário de Helena e não fui. Queria ir nadar hoje à tarde, e agora está chovendo. Queria ver o filme policial na televisão e mamãe não deixou. Para mim dá tudo errado.
Era assim que Joana se queixava e lamentava. Isto também não fazia bem para ela. Ela mesma se punha doente e tristonha. Andava para todo lado com a cara amarrada, na maior infelicidade. E fazia os outros se sentirem tristes também.
A Bíblia diz: "O coração alegre aformoseia o rosto, mas com a tristeza do coração o espírito se abate." Por causa de Joana ser triste, seu rosto era triste, e ela pouco se animava para qualquer coisa.
Como é que Joana poderia viver sem o rosto triste e o espírito abatido? Bem, ela poderia dizer: — Eu tenho muitos motivos para ser alegre: Jesus me ama, e Deus é bom para mim. Tenho um bom lar e bons pais. Vou fazer alguma coisa para ajudar Mamãe. Ou então vou convidar uma coleguinha para vir aqui em casa. Ser alegre é mais Importante do que ver um filme ou ir a uma festa.
Joana poderia se divertir ajudando alguém. Poderia procurar tornar outra pessoa feliz. Então se sentiria melhor e ficaria mais bonitinha.
Quando cremos em Jesus, então Ele habita em nós e dá-nos o Espírito Santo. E o Espírito Santo dá-nos um coração alegre e um rosto alegre, porque com Jesus sabemos que no fim tudo dá certo para nós. É outro motivo para guardarmos Jesus no coração. Ele nos pode conservar alegres, aconteça o que acontecer.

Leitura bíblica: Salmo 100.
--
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
www.jograis.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.paulo2907.multiply.com


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

01 fevereiro 2011

Como preocupar-nos menos

Como preocupar-nos menos

Não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? ou: Com que nos
vestiremos? Mateus 6:31

Jaime e o pai estavam olhando uns quadrinhos de parede numa livraria. Eram quadrinhos que traziam escritos vários pensamentos.
— Olhe este, Jaime, o pai lhe disse. Acho que vou comprá-lo para nossa casa. Pode ajudar-nos.
Jaime olhou o quadro. E leu: "Por que se preocupar quando se pode orar?"
— Sim, senhor, disse o pai. Se nós orássemos mais, não viveríamos tão preocupados, estou certo.

Quando chegaram em casa com o quadrinho, a mãe de Jaime disse: — Eu preciso mesmo deste lembrete. Quando temos visitas, eu me preocupo com o que posso servir. Preocupo-me com nossas contas a pagar, com as crianças e com o serviço da casa que preciso terminar. Acho que preciso orar mais.

Enquanto falavam, Rute entrou na sala. Ela ia a uma festa da mocidade na igreja.
— Mamãe, ela disse, meu vestido tem mancha, e não posso usá-lo. Que é que vou pôr? Não tenho nada para vestir. Que horror!

Jaime então mostrou a Rute o quadrinho que dizia: "Por que se preocupar quando se pode orar?" A princípio Rute achou ruim. Depois riu e disse: — Se eu falar com Deus sobre o meu vestido, tenho certeza que ele fará o assunto parecer menos importante. É verdade que tenho outros vestidos.

E assim aquela família aprendeu o segredo de como diminuir, de como minorar as
preocupações.

Jesus disse: "Não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? ou: Com que nos vestiremos?" As pessoas que O conservam no coração descobrem que não há muitas coisas que merecem preocupação. Pois elas sempre têm alimento e roupa suficiente, ou qualquer outra coisa de que realmente precisam.

Leitura bíblica: Mateus 6:31-34.

--
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
www.jograis.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.paulo2907.multiply.com


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

24 janeiro 2011

Porque queimavam os carneiros

Porque queimavam os carneiros
O sacrifício que mais agrada a Deus é o espírito quebrantado. Salmo 51:17

Joãozinho e Rute estavam examinando as ilustrações num livro de histórias da Bíblia. Quando o pai veio e olhou um pouquinho também, Rute apontou um quadro de um altar que as pessoas tinham construído há muitos anos atrás. Subia fumaça do altar.
— Que é que eles estão queimando, papai? ela perguntou.
Ele explicou: — Mataram um carneiro, e agora estão fazendo um culto religioso. Depois, mais tarde, vão comer a parte maior da carne. A que estão queimando é chamada um sacrifício.
— Que é sacrifício, papai? perguntou Joãozinho.
— Era um jeito de dizer a Deus: "Sentimos muito ter errado. Alguém precisa morrer para pagar nossos pecados. Faça o favor de deixar que seja este carneiro e não nós."
— E por que Deus quis que as pessoas queimassem o carneiro? perguntou Joãozinho.
O pai sorriu. — O que importava mais para Deus era como as pessoas se sentiam por dentro. Se estavam arrependidas de seus pecados e queriam que Deus os perdoasse, então Deus ficava contente.
— Assim como quando nós estamos tristes por ter pecado? perguntou Joãozinho.
— É sim, o pai concordou. O Rei Davi disse que "O sacrifício que mais agrada a Deus é o espírito quebrantado." O espírito quebrantado é a pessoa chegar ao ponto de dizer: "Eu errei; eu pequei."
— Eu sei um versículo da Bíblia que chama Jesus de Cordeiro de Deus, disse Rute. "Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo."
— Ótimo, filha, o pai disse. Os sacrifícios de cordeiros eram somente lembranças ou sinais de que Deus iria mandar Seu Filho Jesus para morrer por todos os pecados.
— É por isso que nós não queimamos carneiros no culto da nossa igreja? perguntou Joãozinho.
— Certo, disse o pai, pondo-lhe a mão na cabeça em sinal de aprovação. Nosso Pai no céu nunca se importou só com a questão de mandar queimar os carneiros. O que Ele quer é que nós fiquemos tristes e arrependidos pelo mal que fazemos. É isto que quer dizer ter um espírito quebrantado. Quando dizemos: Sinto muito ter errado, temos aí um espírito quebrantado. E com isto Deus nos dá Seu perdão e amor por causa de Jesus, que morreu por nós.

Algumas perguntas: Que é que as pessoas da Bíblia diziam a Deus com os seus
sacrifícios? Quem foi o Cordeiro de Deus que morreu por nós? Por que Deus quis que as pessoas dos tempos bíblicos queimassem animais? Qual foi o sacrifício que o Rei Davi disse que agrada mais a Deus? Por causa de quem Deus está pronto a perdoar os pecados?
Leitura bíblica sobre dois irmãos e os seus sacrifícios: Gênesis 4:1-7.

Extraído de HORINHAS COM DEUS, VOL II. Ed. Luterana
--
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
www.jograis.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.paulo2907.multiply.com


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

19 janeiro 2011

A "Coisificação" do Ser Humano

A "coisificação" do Ser Humano
(por Vinícius Juberte) 

Há tempos estava precisando colocar algumas idéias que borbolham aqui dentro da minha cabeça em um texto. Por diversos fatores me senti na necessidade de discorrer sobre a nossa sociedade e o caminho que ela tem seguido. Deixo aqui explícito a influência de um livro chamado "Como Me Tornei Estúpido", de um autor frânces chamado Martin Page, o qual recomendo a leitura enfaticamente. Além disso um quê da teoria de Marx sobre o "fetichismo" e experiências pessoais recentes dão forma ao que quero expor aqui.

Pois bem, ultimamente eu tenho observado e percebido como a cada dia que passa mais e mais as pessoas se tratam como mera mercadoria. É exatamente isso, a "coisificação" do Ser Humano. Assim como a ânsia pela novidade é o motor propulsor da sociedade de consumo, assim se dá também nas relações inter-pessoais. Assim como parece ser absolutamente necessário trocar um IPod de 2 gigabytes por um de 3 pelo simples fato de não poder ficar "defasado", também é necessário trocar as pessoas da nossa vida, afinal de contas, a amizade e o amor são valores por demais demodês para essa sociedade tão "dinâmica" e consumista. O Ser Humano dentro de uma lógica de hipervalorização do individualismo vem perdendo a capacidade de se ver como ser social. Ou seja, vem perdendo um traço essencial de sua natureza. Pois sem viver em sociedade e pela sociedade o Homem se vê sozinho e sem função, daí podemos entender, ainda que parcialmente, um dos motivos do acometimento de grande parte da Humanidade pela depressão e o uso em massa de remédios como o Prozac. Existem discursos político-ideológicos que corroboram que é da "natureza humana" ser individualista e competitivo. E eu aqui não nego que geneticamente o Homem tem como função primordial a sua sobrevivência e perpetuação. Mas é evidente que essas duas coisas não se dão no campo do isolamento e sim no da interação. Sendo assim fica claro a fragilidade de tal argumento. É evidente que o atual quadro de individualismo crônico não se dá puramente por um pretenso determinismo biológico como muitos querem, e sim pela construção de um discurso sócio-cultural e ideológico que faz com que tal quadro apareça como "natural" e se reproduza indefinidamente. E fica claro onde tal discurso é produzido e reproduzido: Na educação "instrumental" voltada para a formação de mão-de-obra ao invés de se voltar a formação emancipatória do indivíduo, onde os valores do sistema são "internalizados" pelas pessoas, passando a ser interpretados como verdade absoluta, e não como um determinado tipo de construção cultural. E em segundo lugar na chamada "indústria cultural", com destaque para a mídia impressa e televisiva.

Pois bem, tal quadro limita o Homem na sua interpretação e na sua vivência com o mundo.O macro(sociedade) é subordinada ao micro(indivíduo). Isso projetado as relações inter-pessoais causam resultados e distorções alarmantes. Em outras palavras, a Humanidade vem perdendo o seu poder de enxergar as coisas de maneira ampla.Vivemos na Era do micro-amor, da micro-amizade, da micro-vivência. Aqui coloco um outro discurso que mesmo que de maneira indireta legitima tal estado de coisas: O discurso da curiosidade e da busca do prazer. É claro que tanto um quanto o outro são intrínsecos a formação humana, o problema é a maneira como ambos são colocados hoje. Ambos servem a já citada "coisificação" das pessoas. As relações pouco duráveis, que também podem ser chamadas de "relações líquidas", são legitimadas justamente por essas duas coisas: a curiosidade e o prazer. O grande problema é a superficialidade de ambos hoje. Em um exemplo prático: Uma pessoa em uma balada que beija inúmeras pessoas, contando com afinco o número de pessoas beijadas, mas pouco se importando com o nome das mesmas, por exemplo. Essa pessoa muito provavelmente irá legitimar o seu ato com o argumento de que é livre para buscar o prazer e novas experiências da maneira que bem entender. Pois bem, fora a questão do "ser livre" que é bastante questionável, essa pessoa ao usar tal argumento não percebe que de certa maneira está sendo contraditório. Ao não tentar ao menos se aproximar mais de uma das pessoas beijadas, perguntando seu nome, seus gostos e aflições essa pessoa não percebe a quantidade de novas experiências que está deixando escapar. É a curiosidade "utilitarista" e a busca do prazer "imediatista" presente no nosso cotidiano que impede as pessoas de pensarem no momento seguinte e de se reconhecerem, de fato, como pessoas e não como meros objetos descartáveis. Algumas poucas experiências ali naquele momento já bastam. E tais experiências logo devem dar lugar a outras experiências pouco relevantes, e assim sucessivamente. É a busca incessante pela novidade. É o mesmo mecanismo presente na troca do carro 2009, pelo carro 2010.Independentemente se o 2009 estava em boas condições de uso, o que importa é a novidade, é o "estar na moda".A grande maioria das pessoas têm agido exatamente assim umas com as outras.

É evidente que o valor de uma verdadeira amizade e de um verdadeiro amor estão se perdendo. O que entendo por "verdadeiro" nesses dois casos é levar a cabo a experiência da amizade e do amor até as últimas consequências. É extrair de ambos o máximo para um crescimento humano qualitativo. O que isso significa? Significa que a amizade e o amor não podem ser esses da "balada", efêmeros. Eles devem ser relações construídas dia após dia, com uma proximidade crescente entre as duas partes. É só nessa construção, ao meu ver, que tanto a curiosidade do aprender e a busca pelo prazer se tornam plenos. Tanto a curiosidade quanto o prazer só se satisfazem através de uma troca de experiências recíproca e contínua entre os indivíduos. E ambos aqui entendo em todas as suas vertentes: sociais, intelectuais, sexuais, entre outros. Mas para isso se concretizar é preciso uma tomada de consciência que leve a mudança das relações entre os Homens. Em outras palavras: é preciso quebrar a lógica do Capital. E o debate de como fazê-lo é amplo, mas ficará para uma outra discussão.

É imprecindível que as "relações líquidas" se tornem "relações sólidas" para o verdadeiro crescimento e emancipação do Ser Humano, que só pode se dar através da sociedade, no seio da coletividade.

Vinícius Juberte
-- 
Recebi por e-mail da Ana Cláudia

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
www.jograis.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.paulo2907.multiply.com


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.