Loading...

29 julho 2010

HAPPY BIRTHDAY TO ME!

FELIZ ANIVERSÁRIO!!! 

O que darei ao Senhor pelo seu amor e misericórdia? O que darei ao Senhor pela sua infinita bondade? O que darei ao Senhor pela salvação a nós concedida? O que darei ao Senhor Por sua proteção e cuidado? O que darei ao Senhor por sua graça e perdão? O que darei ao grande Deus, que enviou seu único filho ao mundo para entregar a própria vida por mim? O que darei ao Senhor por 34 anos de vida neste dia 29 de julho?

Abel ofereceu-lhe sacrifício com o melhor das suas ovelhas; Abraão ofereceu-lhe Isaque; Jacó deu-lhe o dízimo de tudo quanto possuía; Ana ofereceu-lhe o filho que recebeu; Davi compôs-lhe salmos; Salomão construiu-lhe um grande templo; Marta o servia nos trabalhos domésticos; A Mulher Pecadora lavou-lhe os pés com lágrimas, enxugou-os com seus cabelos e os ungiu com bálsamo; Dorcas o servia com sua agulha; Paulo gastou-se e deixou-se gastar pela sua obra; E eu, o que darei a Cristo que a si se deu por mim? Como hei de meu amor mostrar a quem me amou assim? Direi como o Salmista: Tomarei o cálice da salvação e invocarei o nome do SENHOR.

Neste dia especial, praticamente não tenho palavras pra expressar a minha gratidão ao Senhor que tanto tem feito por mim! Pôxa... 29 anos! Isso dá 408 meses, cerca de 12240 dias, 293760 horas, e 17625600 minutos, quanta coisa não é? Isso tudinho pra chorar e sorrir, pra amar e ser amado, pra abraçar e ser abraçado, fazer amizades, conhecer pessoas, estudar, crescer, sentir emoções, brincar, enfim... Viver!

Agradeço pelos amigos que tenho conhecido durante esse tempo: os de perto e os de longe, com quem tenho aprendido muito e sei que o amor de Deus nos tem unido; pelos leitores que passam por este blog e espero que estejam sempre lembrando que o viver é Cristo; pelo emprego, pela família, pela santa e gloriosa igreja, enfim, por tudo!

Grande abraço pra todo mundo e obrigado por fazerem parte da minha vida com Cristo!

"Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos coração sábio. Volta-te para nós, SENHOR; até quando? E aplaca-te para com os teus servos. Sacia-nos de madrugada com a tua benignidade, para que nos regozijemos e nos alegremos todos os nossos dias. Alegra-nos pelos dias em que nos afligiste, e pelos anos em que vimos o mal. Apareça a tua obra aos teus servos, e a tua glória, sobre seus filhos. E seja sobre nós a graça do Senhor, nosso Deus; e confirma sobre nós a obra das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos."

26 julho 2010

As coisas que não são…

Pelo contrário, Deus escolheu as coisas loucas do mundo para confundir os sábios; e Deus escolheu as coisas fracas do mundo para confundir as fortes; e Deus escolheu as coisas ignóbeis do mundo, e as desprezadas, e as que não são, para reduzir a nada as que são; (1 Co 1.27,28)

Deus é um Deus que usa das coisas mais simples para mostrar a grandiosidade do seu poder. Ele não precisa que nenhum de nós seja grande, tenha recursos ou superpoderes para fazer o seu querer e a sua vontade. Quanto mais simples, quanto mais “sem”, para Ele é melhor, pois Ele pode operar fazendo com que apenas o seu nome seja engrandecido e exaltado.

Ele não precisou de grandes máquinas para abrir o Mar Vermelho. Ele disse a Moisés que apenas levantasse a sua vara e estendesse a mão sobre o mar.

Não precisou de uma sonda ou sabe-se lá o quê para abrir o Jordão diante dos filhos de Israel,  apenas mandou que os sacerdotes entrassem com a arca e ficassem no meio do rio.

Não precisou de um grande general, nem do exército da China, nem de aviões, tanques etc para destruir o exército dos midianitas que eram “como a areia da praia”, usou um camponês pobre e apenas 300 homens.

Havia muitos soldados no exército de Saul, mas ele trouxe um pastor de ovelhas, com uns 17 anos, mais ou menos, que nunca usou uma espada para derrotar um gigantes de 3 metros de altura e anos de experiência em guerras.

Como tantas moças para ocupar o lugar de Vasti, filhas de príncipes e de nobres, Ele usou uma moça orfã para livrar o seu povo Israel.

Deus usa coisas simples. Deus usa gente simples. Como eu, como você. Cabe a nós apenas decidirmos se queremos ser usados, se queremos mesmo reconhecer que não temos e que não somos para que Ele apareça em nós. Eu acho que essa é a pior parte: abrir mão do orgulho, mas como disse o apóstolo Paulo, é assim que Deus age para nenhuma carne se glorie diante dele.

Porque dEle, por Ele e para Ele são todas as coisas. Glória, pois, a Ele eternamente!

14 julho 2010

Jesus Disse : Mateus 8:18-22

------------------------------------------------------------------
J E S U S D I S S E
- http://www.hermeneutica.com -
------------------------------------------------------------------


Quarta-feira, 14 de Julho, 2010

VERSÍCULO:
Quando Jesus viu a multidão ao seu redor, deu ordens para que
atravessassem para o outro lado do mar. Então, um mestre da lei
aproximou-se e disse: "Mestre, eu te seguirei por onde quer que
fores". Jesus respondeu: "As raposas têm suas tocas e as aves do
céu têm seus ninhos, mas o Filho do homem não tem onde repousar a
cabeça".Outro discípulo lhe disse: "Senhor, deixa-me ir primeiro
sepultar meu pai". Mas Jesus lhe disse: "Siga-me, e deixe que os
mortos sepultem os seus próprios mortos".
-- Mateus 8:18-22

PENSAMENTO:
Imaginemos o escriba se aproximando de Jesus. Ele está cheio de
curiosidade, pronto para um debate teológico com um grande rabino.
Será que Jesus vai revelar-lhe algum mistério das Escrituras ou
treiná-lo em princípios de interpretação? Evidentemente, não é isso
que Jesus tem em mente. Jesus passou horas ensinando num morro ao
ar livre. Ele andou alguns quilômetros na poeira da estrada. Ele
tocou num homem com lepra, numa mulher com febre e acabou de
expulsar demônios de várias pessoas no meio da noite. Se Jesus
pregou o olho foi lá por volta da madrugada. O mestre da lei quer
ser discípulo? Jesus quer que ele veja o quanto vai custar. Há
lugar no Reino para estudiosos da Palavra. Há necessidade para
mestres e escribas. Mas, talvez o ministério deles não vai ser tão
confortável quanto queriam. Donald Hagner comentou esta passagem
assim: "O discipulado... envolve muito mais que uma disposição de
seguir no sentido de acompanhar alguém, ou até mesmo disposição de
escutar, aprender e conviver com aquela pessoa como alunos dos
rabinos faziam - envolve no fundo um total estilo de vida." Jesus
não quer seguidores. Ele quer discípulos. E estes discípulos serão
transformados dos pés à cabeça. Não será só o que a cabeça pensa,
mas, para onde os pés irão andar. Jesus vai mudar tudo isso. Jesus
não estava dando um fora nesse escriba. Ele estava fazendo um
favor. Ele estava o alertando do quanto realmente precisamos mudar
para seguí-Lo. Você já calculou quanto custa?

ORAÇÃO:
Como o Senhor é paciente conosco. Temos todo tipo de idéia
quanto aquilo que nós queremos do Reino, mas, pouca concepção do
reinado de Jesus em nossas vidas. Obrigado, nosso Deus, por ser tão
benigno para conosco. Abra nossas mentes e os nossos corações, não
só para a idéia de Jesus, mas, para a realidade de Jesus em nossas
vidas – cada dia, cada hora, cada passo. Em nome de Jesus oramos e
agradecemos. Amém.

http://www.hermeneutica.com/jd/1/0714.html

JESUS DÍSSE de Hermeneutica.com - "365 dias nas palavras de Jesus"
===============================================================
http://www.hermeneutica.com/jd

O devocional diário "Jesus disse" é Copyright © 2006-2010 de
Dennis Downing. Todos os direitos reservados. "Jesus disse"
é um devocional diário, com uma passagem das palavras de Jesus,
uma meditação e uma oração para ajudar a focalizar as nossas
mentes em Jesus a cada dia. O autor é Dennis Downing
<dennis@hermeneutica.com> e vem do site www.hermeneutica.com.
Visite o site para conhecer cada vez melhor a Palavra de Deus.

COMO É QUE EU ASSINO?
É GRATIS! Para assinar, envie um correio eletrônico para:
jesusdisse-sub@maillists.heartlight.org

COMO É QUE EU ENCERRO MINHA ASSINATURA?
Envie uma mensagem para seu endereço particular de
encerramento de assinatura:
jesusdisse-unsub@maillists.heartlight.org

===============================================================


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.


--
Esta mensagem foi verificada pelo sistema de antivírus e
acredita-se estar livre de perigo.

08 julho 2010

União no Centenário? Tá difícil…

Eu não sou muito de falar sobre esse tipo de assunto. Acho muito chato a forma como certas pessoas expôem a igreja e algumas lideranças em certos posts que não levam a nada, a não ser escandalizar os incrédulos, mas, como eu também sou muito chato… Achei por bem de colocar minha posição sobre uma campanha levantada pelos blogueiros da AD que é UNIÃO NO CENTENÁRIO, AFINAL SOMO UMA ASSEMBLÉIA, com aquela figurinha em quebra-cabeça e tudo.

Pois bem, eu acho isso uma discrepância, sabe? O pessoal tome a malhar o pau no CGADB, na CPAD, no Silas Malafaia, em uma túia de outros pregadores que tem por aí e em determinados movimentos que acontecem e depois me vem com essa história. Pelo amor de Deus, o Brasil é grande, mas só tem 26 estados e o DF, é mais ou menos fácil administrar, mas sabe quantas Assembléias de Deus há nesse país? Acho que só Deus é que sabe a conta!… Como é que vai se administrar tudo isso, ainda mais nos dias de hoje? Aí nós temos várias igrejas denominadas Assembléia de Deus como as dos vídeos abaixo, cheias de invencionices que o pessoal tanto condena e eles querem me falar de união? Sem condições…

O último vídeo é do Lucas Lima, que também é um cantor da AD cantando lá nos Gideões.

Num tá vendo que não tem condições uma coisa dessa? É simplesmente IMPRATICÁVEL e não me venham dar uma de muito crentes que querem união, porque se quisessem não viviam expondo certas coisas, que só interessam aos crentes, membros de igreja, aos quatro ventos na internet.  É só dar uma olhada nos comentários dos incrédulos nesses vídeos e em outros relacionados a eles. “Ah, mas o que eles fazem é errado…”, pois bem, diga o que se faz de errado e mostre o certo. Mesmo porque o meu muito falar, a minha importantíssima opinião, não muda em nada a alta cúpula, nem troca ou transforma ninguém. A minha oração, sim, pode fazer alguma coisa, mas o meu falar, o meu criticar? O máximo que pode fazer é mudar a opinião de outrem, que, por acaso, esteja sendo iludido por essas “barracas de esquina”, mas mudança lá em cima, só quem faz é quem vota e esse direito não me é dado. Nas eleições agora em Outubro seu voto ajuda a mudar o destino do seu estado, do seu país, mas da sua igreja? Ha-Ha-Ha!

Vamos ser coerentes: Mudanças são necessárias (e eu não espero que elas venhas  - Lc 18.8), mas união. Há… essa tá difícil, viu?

Que quando o Noivo voltar nos ache como as virgens prudentes, isso sim, é mais importante.