Loading...

31 outubro 2006

Desapontados, porém Melhorados

 

 

 
 
 
 
       
 
 "Com fidelidade me afligiste." (Salmos, 119.75)
 
 

Os desapontamentos podem ser uma fonte de grandes bênçãos, se reagirmos a eles da maneira correta. Não é saudável permanecer magoado emocionalmente como fruto de reações incorretas. Enquanto existirem pessoas, haverá desapontamentos. Devemos promover a unidade da família de Cristo, custe o que custar, ainda que sobre somente um de nós, esta é uma prioridade! Precisamos vencer os desapontamentos que surgem em nosso meio com maturidade, aprendendo a lidar com as fraquezas humanas. Não há comunidade cristã terapêutica, e nada pode ser feito nesse sentido se não houver paciência, flexibilidade, e uma compreensão mais profunda dos caminhos de D´us e das limitações humanas. Precisamos reagir como Jesus reage - com piedade. A piedade deve ser o nosso combustível se pretendemos chegar a algum lugar como Sua Igreja na terra. Devemos deixar cair por terra nossos preconceitos e ultrapassados valores humanos. Não importa como seremos tratados se formos os primeiros a agir segundo o caráter de Cristo. Se for preciso devemos pagar o preço que vale... Isso tem que ser feito!

 

      O verdadeiro cristão não se limita ao rótulos; ele suplanta a expectativa alheia buscando ser imitador apenas de Cristo. Sua regra é viver à Sua semelhança, cumprir o seu papel de servo na  defesa dos interesses do Dono da Igreja. Mesmo quando cai pela milésima vez, sua marca - contrariando os "especuladores", que além de não fazerem nada, apostam no fracasso dos que fazem - é ressurgir melhorado pelo agir restaurador do Espírito... Alguns dos nossos desapontamentos provêm das expectativas irreais que temos uns dos outros. Ser cristão nunca significou ser autônomo ou perfeito, mas, sim, dependente de Cristo! Precisamos aprender a suportar a fraqueza do nosso irmão como suportamos a nossa própria. "Quem me livrará do corpo dessa morte?" - Ah, se os outros soubessem o que somos, se soubessem nossas fraquezas... Ninguém de boa consciência julga-se suficiente diante da possibilidade iminente de fracassar.

 

        "Com fidelidade me afligiste." (Salmos, 119.75), disse Davi. O Senhor não o estava desligando da Sua graça, nem tão pouco sendo vingativo pelo seu pecado, mas aperfeiçoando a jóia que era para Ele o Seu servo Davi, "homem segundo Seu coração". Ele queria ver um Davi melhor! Como Davi, ninguém melhora sem que a fidelidade do Senhor o aflija, sem que o Seu fogo queime suas mazelas até não restar mais sinal delas. O desafio do povo de D´us é distinguir-se e calar-se quando, por amor - não por vingança humana - e para perfeição dos que ama, age como perfeito Modelador de Almas. "Tornei-me opróbrio para todos os meus adversários, espanto para meus vizinhos e horror para os meus conhecidos; os que me vêem na rua fogem de mim. Estou esquecido no coração deles, como morto; sou como vaso quebrado. (...) Quanto a mim, confio em Ti, Senhor." (Salmos, 31. 11, 12, 14)

 

        Se vivemos dias turbulentos de solidão e abandono, porquanto desapontamos alguém ou fomos desapontados por outrem, voltemos os nossos olhos para o Senhor, até que, pela Sua piedade e pelo Seu trato, sejamos aperfeiçoados, melhorados...    

 
          Ricardo César Vasconcelos, pastor   
Igreja Presbiteriana Unida do Brasil - IPU

 

 

 

          
 
 

 

www.paoquente.org 

Oração  Aconselhamento  Cadastramento 



 Para cancelar o envio, clique aqui.
 
SEJA NOSSO PERCEIRO, clic aqui .
 
Designer- Eveline
Respeite os créditos autorais do texto 
e do designer(formatação) da mensagem 
 
 
 

 

 

24 outubro 2006

Todo trabalho (Pr 14.23)

DEUS Conosco
http://DeusConosco.com

Recomende DEUS Conosco aos seus amigos!
Mande a meditação de hoje, inteira, à sua
lista de contatos.

TODO TRABALHO

Todo trabalho árduo traz proveito, mas o
só falar leva à pobreza. Provérbios 14.23

Todos conhecemos aquela pessoa que vive falando
dos seus planos sem nunca colocá-los em ação. Ou
aquele que sempre comenta o que precisa ser feito
sem fazê-lo.

Pior ainda o que joga a conversa fora, bom de
papo, mas fraco de mãos.

As palavras são importantes, mas palavras só não
resolvem.

Temos que botar a mão na massa.

Esta verdade também vale quando se fala das coisas
de Deus.

Falar bem de Deus, de Jesus, de religião nada
adianta.

Temos que buscar a vontade de Deus. E fazê-la.

Você já começou?

--Randal Matheny, copyright © 2006

Leia este artigo online e faça comentários:
http://deusconosco.com/2006/10/23/todo-trabalho/

Citações bíblicas da Nova Versão Internacional
(IBS, 2000) quando não especificada a versão.

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
www.el_shaday.oi.com.br

21 outubro 2006

O MELHOR PARA O SUMO SACERDOTE

O MELHOR PARA O SUMO SACERDOTE

 

 

Disse mais o SENHOR a Arão: “... Todo o melhor do azeite, e todo o melhor do mosto e do grão, as suas primícias que derem ao SENHOR, as tenho dado a ti”. (Nm 18.8-12)

 

Mais uma vez venho falar sobre Arão e Jesus. Esse texto me chamou muito a atenção, pois mostra o cuidado de Deus para com Arão e a posição de excelência que Deus lhe deu no meio do povo. Os sacerdotes tinham o privilégio de comer das coisas santas que eram dedicadas ao Senhor, só eles. Já pensou? Acho que essa seria a maior expressão de “com ele cearei e ele comigo”. Poder comer das coisas consagradas a Deus! Era realmente um grande privilégio. Deus também lhe disse que lhes tinha dado o melhor de tudo: o melhor do azeite, do grão, do mosto e as primícias. O melhor do povo de Israel dos produtos de Israel tinha sido dado à família sacerdotal.

 

Mas um dia veio o nosso grande Sumo Sacerdote. Único e suficiente. Não veio com mitra, nem estola, nem Urim e Tumim, mas um exército celestial cantou na noite do seu nascimento e todos os anjos do céu o adoram. Não veio oferecer sacrifício de cordeiros, nem de incenso, mas ofereceu-se a si mesmo como oferta agradável a Deus. E a ele foi dado o melhor de tudo: todo poder no céu e na terra. Não que Ele não o tivesse, mas foi-lhe outorgado como um prêmio proposto pelo próprio Deus por toda afronta que passou. A Ele toda glória hoje e para todo sempre. Ele é o filho amado em quem o próprio Deus tem se comprazido e a Ele devemos ouvir.

 

E você? Será que tem dado do seu melhor a Jesus? Ele deu o seu melhor: sua própria vida. Um preço que nem eu nem você poderíamos pagar. Se o próprio Deus lhe deu o melhor, porque você também não decide dar o seu melhor para o Mestre? Fica pensando nisso! Bom fim de semana!

 

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
www.el_shaday.oi.com.br

19 outubro 2006

ANIVERSÁRIO DO VOCAL EL SHADAY

Esse foi um ano surpreendente para todos nós. Algumas coisas não saíram como gostaríamos, mas Deus nos surpreendeu de uma maneira gloriosa!

Tema: PORQUE ESTE DEUS É O NOSSO DEUS PARA SEMPRE (Salmo 48.14)

13.10—Abertura:

Como o tema era Deus, montamos uma exposição sobre Seitas e Heresias, enfocando como outras religiões abordam o tema. Ficou maravilhosa! Um ótimo trabalho da equipe: Marcondes, Eliete, Almir, Fábio, Girlene e outros, além dos expositores: Cristiane, Ismael e Denílson. Na abertura não tivemos grupos convidados, estavam apenas o Vocal e o Coral local, mas tivemos a presença de um grupo de visitantes da AD em Pedreiras — Camaragibe e a igreja ficou cheia. Nesse dia, o nosso tema foi: “Louvando ao Pai, ao Filho e ao Espírito santo” e Deus falou poderosamente aos nossos corações através de sua palavra e dos louvores entoados. O coordenador da Área 07, Ev Amós Batista, esteve presente e foi usado tremendamente na palavra. Foi uma noite e tanto! Cantamos 6 hinos!!!

14.10—Culto de Louvor:

Continuamos com a exposição e nessa noite tivemos a presença do Coral Masculino do Templo Central (do qual eu fui vice-regente) e do Vocal de Zumbi. O tema foi: “Conhecendo Deus através de seus nomes e títulos” e cantamos o hino “Seu Nome é”, que fala como Deus se revela através de seus nomes.

15.10—Encerramento:

O dia foi cansativo, pois tivemos alguns problemas, mas Deus nos ajudou em tudo! A festa à noite foi como um prêmio de Deus, por ele estar alegre com nosso trabalho. A Cantata: “CONHECENDO DEUS”, que tratou dos atributos de Deus e do seu relacionamento com o homem ficou linda! Tivemos uma dupla de narradores esse ano (uma idéia que deu certo), isso junto com a participação da União de Adolescentes e do Conjunto Musical, o envolvimento da igreja, deram um toque especial a esse Culto de Agradecimento ao Senhor, por 5 anos de bênçãos e vitórias. Foi realmente lindo! Louvado sejas tu, Senhor, por seres o nosso Deus para sempre!

Programação

Texto da Cantata

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
www.el_shaday.oi.com.br