Loading...

08 setembro 2008

O QUE PODE FAZER O JUSTO? (II)

Agatha Christie sempre dizia nos seus livros protagonizados por Miss Marple que "a natureza humana é a mesma em todo lugar, o que muda são as pessoas e as circunstâncias". Eu sempre gostei dessa frase. E ela não deixa de ser uma verdade. Embora os tempos bíblicos tenham ficado bem para trás, a natureza humana continua a mesma. A pergunta é: "o que pode fazer o justo quando os fundamentos são destruídos?" e a resposta é: "o mesmo que fizeram os homens e mulheres de Deus em suas épocas".

 

Vejamos o exemplo de Noé. A Bíblia nos mostra que, em seu tempo, grande era a maldade do homem na terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era má continuamente e ainda que o Senhor arrependeu-se de haver feito o homem na terra, e isso lhe pesou no coração. Porém, mesmo em meio a toda essa corrupção, toda essa violência, a Bíblia diz que Noé era justo e perfeito. Como ele não cedeu às pressões da sua sociedade? A Bíblia também responde: Noé andava com Deus! Essa é o primeiro aspecto da nossa resposta: Andar com Deus. E isso é bastante interessante, pois Amós nos pergunta "como andarão dois juntos se não estiverem de acordo?". Se Noé andava com Deus é porque eles concordavam em tudo. E, se Deus estava entristecido com a humanidade, entende-se que Noé não andava como o povo daquela época. Ele pensava como Deus pensava e não como seus contemporâneo s.

 

E hoje o mundo está igual ou pior do que nos dias de Noé. E será que Deus está satisfeito com ele? Claro que não está. O apóstolo Tiago nos diz que "a amizade do mundo é inimizade contra Deus". E, se o mundo é inimigo de Deus, nós que somos seus filhos, não podemos andar de acordo com o mundo, com o espírito que nele opera. Se esperamos estar abrigados dentro da arca (que é Cristo), temos que andar com Deus. Temos que viver de acordo com seus preceitos estabelecidos na Palavra para que achemos "graça aos seus olhos".

 

Por isso, por mais que o mundo se afunde, por mais que corra para a perdição, por mais que nos chame de loucos ou sabe lá Deus o quê, nós, que somos justos, devemos andar com Deus, para que a nossa vida testifique contra as suas más obras e eles possam enxergar em nós a verdade de Deus.

 

 

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.jograis.oi.com.br

2 comentários:

Francivaldo Jacinto disse...

Caro irmão Paulo, a paz do Senhor!

Obrigado por sua valiosíssima
participação neste espaço.
É um perigo misturamos religião com política. Podemos ver claramente o que aconteceu com a Igreja ao ficar sobre o domínio do Império Romano. Como a maioria dos” líderes religiosos” da antiguidade se corromperam em busca do poder.
Mas, vale lembrar que muitos não se curvaram diante do declínio espiritual e doutrinário que a igreja passou naquela época. Alguns podem até se desviar dos ensinamentos bíblicos, mas Deus permanece ao longo da história levantando homens cheios do Espírito de Deus para fazer a sua vontade.
A igreja do Senhor não se corrompe!
Nem muito menos, precisa de representantes políticos para mantê-la de pé.
“Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;” (Mt.16:18).

Em breve estarei publicando novas postagens sobre a história da igreja.

Fraternalmente,

Francivaldo Jacinto

André Silva disse...

A paz do Senhor,

O comentário acima é interessante. A igreja de Cristo é invisível, ninguém pode maculá-la. Por outro lado, somos também igreja social a qual o seu maior papel é levar a Palavra e ensinar,(Mt 28.19) mas ensinar o quê? A conhecê-lo. Ora, quem passa a conhecer a Deus, tranforma-se no caminho e na vida através do poder da Palavra, mas se a igreja se omite a ensinar, como aprenderão? Como crerão? Como escutarão? Como serão transformados?
Nessa direção, o crente salvo em Cristo, digo cristão e não religioso, esse sim consegue ser sal, entrar na lama sem se sujar. José foi a prova disso, Daniel outra prova melhor, eles foram jovens e homens normais como nós.
Paulo chega a dizer que cada um foi chamado pra um propósito (Efésios 4.11) O que seria se não tivéssemos entre nós doutores nas universidades e no Senado Federal para discursar e tentar vetar leis que vão de encontro à ética bíblica e a igreja, o que seria de nós? Daniel foi um sábio em seu tempo e foi usado por Deus dentro de uma nação idólatra pra fazer conhecer o poder de Deus àqueles.
Infelizmente, temos muita gente religiosa na igreja sem ser cristãs, sem exalar o cheiro de Cristo, distante do modelo proposto, não por homens, mas por Cristo. Jesus foi um político, o partido dele era o Evangelho e sua doutrina, para sermos missionários e levar a Palavra, temos que ser políticos na essência.
Nesse caso, fomos chamados para fora - Eklésia - igreja, mas estamos preocupados em ficar apenas dentro, nas disputas pelos cargos, ou isso não é política?
Que carta Paulo nos escreveria se ao chegar numa igreja brasileira e visse a negociação de almas - votos, pastores apresentando irmãos candidatos em troca de favores futuros, que carta Paulo nos escreveria?
Concordo com o comentário acima, a igreja não pode se corromper, nem precisa de representantes nas esferas públicas, mas se os crentes que estiverem lá fizerem seu papel como sal da terra, poderemos ser beneficiados como pessoas sociais e o nome de Cristo glorificado.
Será que o irmão viu o discurso brilhante do pastor Silas Malafaia no Senado Federal em Brasília argumeentado contra o aborto? Talvez alguém diga que nem adianta, pois é fim dos tempos, mas mesmo assim, só naquele discurso todos aqueles homens de eminência escutaram a verdade que a Bíblia ensina.
Deus tem seus propósitos e pode usar qualquer um, como usou Daniel no cenário político e José como governador para beneficiar o seu povo. (Gên 41)
Afinal, disse João em Apocalipse 22:11: "Quem é injusto faça injustiça ainda; e quem está sujo suje-se ainda; e quem é justo faça justiça ainda; e quem é santo seja santificado ainda."

Um grande abraço,
André Silva
www.olhos30.blogspot.com