Loading...

28 maio 2007

O Bom Samaritano

 

        

 

A parábola do bom samaritano foi dada para ilustrar o importantíssimo mandamento da lei: "Amarás o teu próximo como a ti mesmo". Nessa importante parábola aprendemos que: Jesus nos ensina um importante princípio da ética humanitária: o próximo pode ser uma pessoa inteiramente desconhecida; que o "próximo" pode ser de uma raça diferente, e até mesmo rejeitada ou desprezada; o "próximo pode ser pessoa de outra religião, até mesmo conhecida como herética. "Próximo" não significa meramente a pessoa que mora por perto, mas qualquer um com quem entremos em contato.  Aprendemos, desde o Antigo Testamento, que os cuidados de Deus por toda a humanidade devem manifestar-se nas vidas de todos quantos são chamados "povo de Deus". Não basta falar de Cristo; é necessário viver e agir como Cristo. Nossa pregação deve ser a nossa vida, que deve tornar-se a imagem de Cristo. Nossa relação com o nosso próximo deve seguir o exemplo de Cristo, que em nenhum momento humilhou ou menosprezou pessoas. "Ninguém deve colocar limitações no amor ao próximo, antes, pelo contrário, a pessoa deve querer fazer o bem ao próximo quanto gosta de fazer o bem a si mesmo". Em Mateus 12:20 aprendemos que Jesus não humilha as pessoas, ao contrário, Ele conserta vidas quebrantadas, levanta o ânimo dos abatidos, demonstrando amor e misericórdia até mesmo para com os abandonados e excluídos pela sociedade hipócrita e injusta que trata as pessoas pela aparência, esquecendo-se que Deus "dá importância à disposição e caráter interiores do ser humano" (1º Samuel 16:16).

Outrossim, Jesus mostra a ineficácia da religiosidade aparente. Nem o levita nem o sacerdote, conhecedores da Palavra, demonstraram amor e misericórdia para com o homem ferido. Porém, um samaritano, raça desprezada pelos judeus teve a atitude de amor que a lei exigia. Em I João 4:20 lemos que se alguém diz que ama a Deus mas odeia o seu próximo, esse é mentiroso, pois quem não ama o seu próximo a quem vê, não pode amar a Deus a quem não vê. Para Jesus não há fronteiras, nem raça, nem cor, nem crença, nem condição social. Qualquer forma de discriminação é pecado que desagrada o bom Deus, que não faz acepção de pessoas.

Reflita sobre o seu passado e olhe o seu próximo com misericórdia e amor. O seu olhar reflete o que vai no seu coração, e  Deus o vê como ele realmente é. Ele não julga pela aparência...

 

Rev. Enoc Teixeira Wenceslau
Igreja Presbiteriana Unida  da Penha - RJ

 

 
 
 
http://www.paoquentediario.com.br/
 

RECEBA SEU PÃO QUENTE EM ESPANHOL

MANDE UM E-MAIL  PARA PQD@PAOQUENTE.ORG, COM A PALAVRA: "ESPANHOL"

 

Descadastramento


Designer- Eveline

Respeite os créditos autorais do texto 
e do designer(formatação) da mensagem 
 
   
Seja nosso Parceiro. Clic na imagem:
 



Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
www.jograis.oi.com.br
www.vocalelshaday.xpg.com.br

Nenhum comentário: