Loading...

10 agosto 2007

OUVIDOS QUE SE ABREM


"Na minha angústia clamei ao Senhor, e me ouviu.".

(Livro dos Salmos 120.1)

 

              Nossos filhos pequenos insistem em chamar a nossa atenção

 quando pretendem falar. Repeditamente  nos chamam até que voltemos

o rosto e os ouvidos em sua direção. Parece haver uma pequena,

 porém importante "angústia infantil" para que sejam percebidos.

 Desejo de falar. Necessidade de encontrar alguém que escute nossa voz.

 Muita pressa e uma forte demanda nos compromissos pessoais e
 profissionais, entre outros fatores, podem nos fazer perceber a imensa

 dificuldade de encontrar ouvidos dispostos a compartilhar sentimentos,
 dificuldades, lutas e dores. Às vezes, são conversas simples, quase
 juvenis. Noutras ocasiões, são apresentadas as complexidades do coração.

São muitos os sons deste mundo. Bons. Ruins. Pesados. Leves. Estridentes.
 Emocionantes. Inteligíveis. Incompreensíveis. Interessantes. Enfadonhos.
 Oportunos. Desastrosos. E entre barulhos e sonidos há um rosto que se
 inclina e um ouvido que se abre.

 Como a mãe que reconhece a voz do filho em meio à diversidade de vozes e
 sons, assim é Deus. Nele, reside uma divina sensibilidade auditiva. Deus
 ouve sussurros, murmúrios, segredos e palavras que não são percebidas por
 outros. Deus escuta até mesmo o silêncio, pois sabe que através dele,
 muitos também clamam.
 É bom saber que Deus ouve nossas orações
!

 Rev. Sérgio Andrade
 Catedral Anglicana da SS Trindade

 

 

 http://www.paoquentediario.com.br/

      Oração     Aconselhamento. Cadastramento 
        
  Para cancelar o envio de mensagens
do PAOQUENTE.ORG, clique aqui.
 
Designer- Eveline
Respeite os créditos autorais do texto 
e do designer(formatação) da mensagem  
 
 
 
 
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
www.jograis.oi.com.br
www.vocalelshaday.xpg.com.br

Nenhum comentário: