Loading...

29 setembro 2006

Trocando A Ganância Pelo Amor

Trocando A Ganância Pelo Amor

"Seja a vossa vida isenta de ganância, contentando-vos com o
que tendes; porque ele mesmo disse: Não te deixarei, nem te
desampararei" (Hebreus 13:5).
 
Certo fazendeiro era reconhecido por todos como extremamente
avarento e indiferente às necessidades dos mais humildes. Um
dia Ele teve um encontro com Deus. Um pobre homem, exausto e
faminto, sem nada em casa para a família, procurou-o pouco
depois de sua conversão para pedir ajuda. O fazendeiro,
agora nova criatura em Cristo, achou que deveria ajudar
àquele homem e resolveu pegar alguma coisa em sua dispensa
para que o homem levasse para sua casa. Enquanto foi buscar
os alimentos, o tentador sussurrou em seu ouvido: "Dê a ele
alguma coisa pequena que estará muito bom." Ele ficou em
dúvida se deveria pegar um pacote ou dois do muito que
possuía mas acabou enchendo uma grande sacola com o que
tinha de melhor. "Você é um bobo," tornou a falar-lhe o
diabo. "Se você não ficar quieto," respondeu o fazendeiro,
"eu darei a ele tudo o que tenho nesta dispensa."
Quantas vezes nos vemos agindo de forma avarenta e
gananciosa em todas as circunstâncias nas quais nos
envolvemos.Queremos ter o melhor e não concordamos que
outros também o tenham. Queremos ter mais e mais, mesmo que
de quase tudo nem precisemos, e não nos importamos se as
pessoas que nos rodeiam estejam desprovidas até mesmo do
mínimo para seu bem-estar. O que nos importa é o que se soma
a cada dia na "dispensa" de nossos bens pessoais.
E o egoísmo que toma conta de nós não se restringe apenas
aos bens materiais. Queremos ter mais atenção que os outros.
Queremos receber mais carinho que os nossos parentes e
amigos. Queremos até que sintam mais pena de nós do que dos
outros. Se as coisas não acontecem conforme desejamos,
fechamos o semblante, distribuímos mau-humor e, como grandes
vítimas, nos recolhemos a um canto como se fôssemos as mais
infelizes das criaturas.
 
Se você acha que a avareza e a ganância estão tomando conta
de sua vida, comece a agir como o fazendeiro de nossa
historieta. Se não o fizer, será verdadeiramente infeliz.
Caso queira experimentar a transformação que o Senhor produz
no coração, verá que além da bênção da salvação você terá a
alegria e o regozijo que Seu amor proporciona quando
aprendemos que o compartilhar é bem melhor do que a ganância
de pensar apenas em nós mesmos.

Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet!
 
Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
www.vocalelshaday.xpg.com.br

Nenhum comentário: