Loading...

09 março 2008

Santos Dentro De Casa (em especial para os casados)

 Santos Dentro De Casa

"Para que unânimes, e a uma boca, glorifiqueis ao Deus e Pai  de nosso Senhor Jesus Cristo"

(Romanos 15:6).

Em sua biografia, Pierre Loti conta que, quando era um menino pequeno, ao ler histórias da vida dos santos, aspirou tornar-se também um santo. Resolveu imitar Simeon Stylites, que viveu em cima de um pilar e ganhou reputação de  santidade. Ele colocou um tamborete alto na cozinha, subiu em cima e anunciou seu plano de permanecer ali por quarenta anos. Sua mãe e a cozinheira não permitiram a sua presença na cozinha e ao final de uma hora ele registrou em seu diário: "Descobri, com muita tristeza, que é muito difícil ser um santo vivendo junto com a família."

Ao refletir sobre esta história engraçada da infância do romancista francês, a que conclusão chegamos? A nossa vida junto com a família tem sido uma motivação para buscarmos a Deus e caminhar sob Sua direção ou uma fonte inesgotável de razões para nos afastar de sua presença? Temos cooperado, com nosso testemunho, para que a nossa casa seja uma bênção para seus moradores e para os visitantes ou servido de escândalo e vergonha ao nome do Senhor.

Quando dizemos, na frente de nossos filhos, "diga que não estou" quando alguém que não desejamos receber, nos procura à porta, contribuímos para que cresçam e sejam tão mentirosos quanto nós. Quando discutimos em casa ou proferimos palavras agressivas, também mostramos que não temos domínio próprio e equilíbrio e abrimos as portas para que nossos filhos ajam da mesma forma.

Como filhos de Deus precisamos testificar da ação de Seu Espírito em nós. Aquilo que plantarmos em nossa casa florescerá e dará frutos. Quando semeamos amor e compreensão, certamente não colheremos rancor e rebeldia. Quando semeamos respeito e cordialidade, toda a nossa casa transmitirá o perfume do amor e o entendimento gerará uma comunhão perfeita sob a graça e a unção do nosso Deus.

Maridos e esposas, pais e filhos, irmãos e amigos, debaixo da potente mão de Deus serão sempre brilhantes e contagiantes, para todos que os visitam e, especialmente, na convivência diária entre si.

Sim, é possível ser santo vivendo com a família.

Paulo Roberto Barbosa.
Um cego na Internet!

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
www.jograis.oi.com.br
www.vocalelshaday.xpg.com.br

Nenhum comentário: