Loading...

09 agosto 2008

A BUSCA HUMANA PELA SATISFAÇÃO (5)

A Sabedoria

 

Então, passei à contemplação da sabedoria, e dos desvarios, e da doidice; porque que fará o homem que seguir ao rei? O mesmo que outros já fizeram. Então, vi eu que a sabedoria é mais excelente do que a estultícia, quanto a luz é mais excelente do que as trevas. Os olhos do sábio estão na sua cabeça, mas o louco anda em trevas; também, então, entendi eu que o mesmo lhes sucede a todos. Pelo que eu disse no meu coração: Como acontece ao tolo, assim me sucederá a mim; por que, então, busquei eu mais a sabedoria? Então, disse no meu coração que também isso era vaidade. (Ec 2.12-15).

 

Depois de todo um tempo gasto em prazeres, bebidas e trabalho, Salomão chega a outro estágio em busca de um sentido para sua vida: a sabedoria. Tendo ele sido o homem mais sábio de toda a história, é de se estranhar que ele tenha deixado essa parte por último, mas como a vida do homem sem Deus é um caos, é até aceitável. O fato é que Salomão passou um bom tempo buscando a satisfação dentro de si (vinho, dinheiro, prazer, trabalho) e agora ele passa a buscá-la em algo que recebeu de Deus: a sabedoria. Talvez assim chegasse mais perto dele. Mas Salomão vai ver que não se pode substituir Deus pelo que Ele dá.

 

A sociedade moderna tem buscado na ciência, no conhecimento, preencher a sua falta de Deus. O homem busca uma maneira de se auto-afirmar, de dizer que não precisa de um "ser superior" pra ditar as regras da sua vida. Alguns usam o caminho da ciência para tentar provar que a Bíblia não passa de um livro de "contos da Carochinha", fábulas, mitos e lendas, mas esquecem que a Bíblia tratou há centenas de anos atrás de coisas que a ciência veio a descobrir depois.

 

Salomão correu atrás do conhecimento, estudou, estudou e estudou mais um pouco, mas ele percebeu que ainda havia algo que o intrigava. Aquele muito estudar não o ajudaria muito na hora da morte. Ele viu que assim como o sábio morre, o ignorante também morre. Assim como um bêbado desvairado pode morrer num acidente de trânsito, o mais equilibrado cientista pode também morrer. E o que é que vai fazer a diferença? A diferença está na escolha. Nenhum dos dois pode escolher como ou quando morrer, mas ambos podem escolher como viver e onde passar a eternidade. E o melhor modo de viver, o próprio Salomão nos diz, é se chegar a Deus, pois "longe dele, quem é que pode comer, beber ou se alegrar"?

 

Você pode se achar "o cara" hoje. Aluno laureado no seu curso de doutorado na melhor universidade que houver no seu país ou fora dele, mas toda a sabedoria que conseguir será útil apenas aqui. Aqui onde tudo é finito e passageiro. Lá, onde tudo é eterno, a sua sabedoria não valerá nada, pois o que é a sabedoria humana de alguns poucos anos diante do Onisciente? Mas Ele não está longe, nem inacessível. Ele quer se chegar a você hoje, pois Ele sabe que VOCÊ precisa DELE. A tua alma anseia por Ele e o teu espírito clama por sua presença. Não corra, na fuja de Deus. Ele é bem maior e muito melhor do que se pode imaginar. E um dia você vai chegar à sua presença para prestar contas daquilo que fez aqui na terra. E o que lhe dirá? Que foi o mais sábio dentre os homens mas que não o conheceu? E o que será que Ele te responderá? Pense nisso...

 

 

Porque há homem cujo trabalho é feito com sabedoria, e ciência, e destreza; contudo, a um homem que não trabalhou nele, o deixará como porção sua; também isso é vaidade e grande enfado. Porque ao homem que é bom diante dele, dá Deus sabedoria, e conhecimento, e alegria; mas ao pecador dá trabalho, para que ele ajunte, e amontoe, e o dê ao bom perante a sua face. Também isso é vaidade e aflição de espírito (Ec 2.21,26).

 

Em Cristo,

 

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.jograis.oi.com.br

2 comentários:

Juber Donizete Gonçalves disse...

Paulo Adriano,

Como diz o sábio Salomão tudo é vaidade e passageiro. O verdadeiro sentido da vida só é encontrado em Cristo, onde estão todos os tesouros da sabedoria. Parabéns pela postagem.

Abraço.

Juber

Edson Dorna disse...

A paz do Senhor!

O que mais me chama atenção... quano Salomão fala sobre a sabedoria... EC.7-23 ¶ Tudo isto provei-o pela sabedoria; eu disse: Sabedoria adquirirei; mas ela ainda estava longe de mim.
24 O que já sucedeu é remoto e profundíssimo; quem o achará?
25 Eu apliquei o meu coração para saber, e inquirir, e buscar a sabedoria e a razão das coisas, e para conhecer que a impiedade é insensatez e que a estultícia é loucura.

Deus te abençoe

Em Cristo

Edson Dorna
www.santodosantos.blogspot.com