Loading...

31 agosto 2008

QUE PODERÁ FAZER O JUSTO?

QUE PODERÁ FAZER O JUSTO?

 

Ora, destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo? O Senhor está no seu santo templo; nos céus tem o SENHOR seu trono; os seus olhos estão atentos, as suas pálpebras sondam os filhos dos homens. O Senhor põe à prova ao justo e ao ímpio; mas, ao que ama a violência, a sua alma o abomina.  Fará chover sobre os perversos brasas de fogo e enxofre, e vento abrasador será a parte do seu cálice.  Porque o Senhor é justo, ele ama a justiça; os retos lhe contemplarão a face (Sl 11.3-7 – ARA).

 

O que pode fazer a pessoa honesta quando as leis e os bons costumes são desprezados? O Senhor Deus está no seu santo Templo; o seu trono está no céu. Ele vê todas as pessoas e sabe o que elas fazem. O Senhor examina os que lhe obedecem e também aqueles que são maus; com todo o coração ele detesta os que gostam de praticar violências. Deus faz cair enxofre e brasas sobre os maus; ele os castiga com ventos que queimam como o fogo. O Senhor faz o que é certo e ama a honestidade; as pessoas que são obedientes a ele viverão na sua presença (Sl 11.3-7 – NTLH).

 

Em dias de eleição, quando tantos se levantam reivindicando para si o direito de defender os fracos, oprimidos e marginalizados da sociedade (engraçado, ninguém diz que vai defender seus próprios interesses – R$ – quando chegar lá, não é?), ouvi esse salmo na sexta-feira e fiquei pensando: em tempos de tanta corrupção moral, política e social, o que pode fazer justo? Essa será a pergunta norteadora deste blog nos próximos dias.

 

O texto está em duas versões: o Português "bem dizido" da Revista e Atualizada (o Português das versões bíblicas é simplesmente lindo!) e a Nova Versão na Linguagem de Hoje, que facilita a compreensão. Eu mesmo fiquei pensando o que seriam esses "fundamentos" a que o salmista se refere. Na NTLH fica mais fácil de compreender. Esses fundamentos são justamente a lei e os bons costumes, ou seja a moral. Moral essa que o homem herdou do próprio Deus. E o salmista pergunta: se a sociedade despreza os fundamentos, o que EU poderei fazer? E Ele mesmo responde. Não diretamente, mas indicando as conseqüências do que Deus fará com aqueles que se desviam de sua palavra. E eu posso escolher se vou viver como Deus deseja ou se vou viver como a sociedade vive e arcar com as conseqüências depois, pois o coração de Deus detesta os violentos e castiga os maus. Ele ama o que é justo.

 

O mundo hoje exalta o roubo (pode-se ver em Treze Homens e um novo segredo), o adultério, a promiscuidade, a hipocrisia, o misticismo etc. E como poderemos viver na contramão dessa sociedade? É isso que tentaremos discutir nos próximos posts. Participe!

 

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://pauloadriano.spaces.live.com
http://abibliaeeu.blogspot.com
www.jograis.oi.com.br

4 comentários:

Daladier Lima disse...

Visite no meu blog a última postagem sobre o Ministério Feminino, um presente às mulheres por ocasião do Dia da Mulher. Fique à vontade para opinar e criticar!

Silvio Araujo disse...

Deus o abençoe Paulo. Excelente refexão.
"...para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus imaculados no meio de uma geração corrupta e perversa, entre a qual resplandeceis como luminares no mundo,..."
Filipenses 2.15

Tharsis Kedsonni disse...

Paulo,

O mundo está se definhando e os que o amam não querem reconhecer isso. Já nós, temos nossa esperança no céu, na certeza de que breve vamos partir. Isso é fato.

Que Deus nos ajude a não vivermos como esse mundo dita, mas seguir a Jesus e deixar que ele nos guie sempre.

"Guia-me sempre, meu Senhor"

Seminário disse...

Muito interesante seu post,que Deus possa continuar lhe abençoando.Parabéns!!!!
Seminario Internacional Teologico de São Paulo