Loading...

21 março 2006

Esperança Inabalável

Esperança Inabalável

"E terás confiança, porque haverá esperança; olharás ao redor de ti e repousarás seguro" (Jó 11:18).

O fato aconteceu no sudoeste asiático, no século XIV. O exército do imperador Tamerlane (um descendente de Ghengis Khan) foi derrotado e disperso por um inimigo poderoso. Tamerlane refugiou-se em um estábulo abandonado e ali ficou escondido enquanto as tropas inimigas vasculhavam a zona rural. Durante o tempo que ali permaneceu, abatido e sem esperanças, Tamerlane assistiu, certo dia, uma formiga tentando levar um grão de milho parede acima. A carga era bem maior que a formiga. Ele contou 69 tentativas sem sucesso da formiga empurrando o grão. Ela retrocedia e recomeçava. Na septuagésima tentativa de levar o milho ela conseguiu alcançar o topo com sucesso. Tamerlane levantou-se rapidamente e ao mesmo tempo bradou: "Eu também triunfarei!" E assim foi. Ele reorganizou suas tropas e pôs o inimigo em fuga.

Qual tem sido a nossa reação após um insucesso momentâneo? Escondemo-nos, envergonhados, como se o fracasso fosse o final de tudo ou, com a mesma confiança, sacudimos a poeira, enchemos o peito do fôlego da fé e recomeçamos, certos de que a vitória virá?

O maior problema que podemos enfrentar na caminhada em direção à conquista de nossos sonhos é a falta de esperança. Quando os obstáculos encontrados são capazes de nos abater, tirando o ânimo e a perseverança, as possibilidades de ultrapassagem são mínimas e o mais provável é que nos deixemos vencer e desistamos.

Quando firmamos o coração no Senhor Jesus, a esperança passa a ser uma arma poderosa em nossas vidas e a possibilidade de recuarmos diante das circunstâncias adversas é praticamente impossível. Por mais difícil e obscura que seja a situação, sempre confiaremos que a luz logo brilhará diante de nós.

Espere no Senhor e você vencerá.

Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet!

Paulo Adriano Rocha
NINGUÉM PODE TE AMAR COMO JESUS TE AMA!
http://spaces.msn.com/members/pauloadriano

Nenhum comentário: