Loading...

27 julho 2007

Paredes Quebradas

 
 
 
 
 
"...os muros de Jerusalém estão derribados,
e as suas portas, queimadas...".
 Livro do Profeta Neemias, cap. 1:3
 

        Notem a descrição de Jerusalém. As pessoas estavam em dificuldade e estavam tomadas por um grande senso de desgraça e reprovação. Os muros da cidade estavam derribados. Os portões tinham sido queimados e estavam totalmente imprestáveis. 

Infelizmente, Jerusalém é o retrato da vida de muitos de nós. Há muitos de nós, cujas vidas, se ajustam perfeitamente a esta descrição. Olhamos para trás em nossa própria vida e percebemos que há lugares aonde os muros vieram abaixo. Estamos vulneráveis. Não temos mais nenhuma capacidade de resistência aos ataques destrutivos que são lançados contra a nossa própria alma. O inimigo destruiu as nossas defesas. Abriu uma enorme brecha, diante da qual estamos impotentes para cobri-la.

Muitos de nós, vez por outra, têm se sentido dentro desta vulnerabilidade. O inimigo conseguiu desmontar as nossas defesas. Abriu um flanco em nossa muralha de conduta inexpugnável. Fez-nos presa fácil.  

Quem sabe no seu caso, Você tornou-se uma "vítima" de hábitos pecaminosos os quais, embora administráveis num primeiro momento, romperam totalmente com a sua capacidade de decisão pelo que é correto, pelo que é descente, pelo que é humano. A sua vulnerabilidade se dá no campo da moral.  Você entrou em práticas que a Bíblia diz estão erradas, e você sabe que elas são erradas, mas você não sabe mais como parar. Suas defesas foram embora. Os muros de sua moralidade foram derribados e suas portas foram queimadas.    

Ou quem sabe a sua vulnerabilidade se dê no campo da 'emocionalidade'.  Talvez seja alguém que foi abusado quando criança. Este fenômeno parece freqüentemente estar acontecendo em nossos dias. E A vergonha e as cicatrizes destas experiências dolorosas geraram em você essa síndrome do muro caído. Essas tatuagens emocionais acabaram por gerar em você uma vulnerabilidade sentimental. Você é alguém sem defesa. Sem anticorpos contra relacionamentos prejudiciais a você. A sua necessidade exacerbada de se sentir respeitada (o), amada (o), tratada (o) como "pessoa e não objeto" acaba por criar a situação inversa. Você está sempre "aberta (o)" a aceitar qualquer um; a qualquer um que cumpra a missão de desfazer aquele sentimento de "coisificação" – de se sentir coisa nas mãos de alguém.  E esta vulnerabilidade, acaba por sabotar qualquer projeto que você tenha de construir uma relação saudável, de igual para igual. De gente com gente. Você até sente que certos relacionamentos são descompensados. Você quer correr, você quer se esconder. Mas você não consegue. Você não consegue fechar a porta. Porque os seus muros da emocionalidade estão caídos e as portas queimadas.

De modo que quando olhamos para os muros e as portas de nossas vidas nós percebemos que de um modo ou de outro, enfrentamos essa crise da vulnerabilidade. Mas como lidar com isso? Como é que nós podemos reconstruir os muros de nossas vidas de tal modo que nós possamos sair dessa vulnerabilidade? Como é que nós podemos reconstruir as nossas defesas de tal modo que nós deixemos de ser cativos dessas situações que nos roubam não só a alegria, como também esperança de uma existência de vitória e de triunfo? 

            Essa é a grande questão que muitos enfrentam.  Mas é por isso que a Bíblia nos foi dada.   Os homens e mulheres do passado passaram por estas mesmas dificuldades, e eles, pela ação do Espírito Santo nos deixaram registrado como reconstruir as nossas vidas quando estas estão quebradas. O livro de Neemias é um dos quadros mais úteis que nós temos de como recuperar de vidas quebradas. Ele deu sete passos bem específicos que são extremamente efetivos para nos conduzir a uma restauração de nossa própria vida. 

            Até a próxima...

                                                       Rev José Kleber
                                      Igreja Presbiteriana de Coromandel - MG     
 
 
 
 
 
http://www.paoquentediario.com.br/
 Para cancelar o envio de mensagens
do PAOQUENTEDIARIO.COM.BR, clique aqui.
  
Designer- Eveline
Respeite os créditos autorais do texto 
e do designer(formatação) da mensagem
 
  
 
 
 
 
  



Nenhum comentário: